Futebol/Copa Sul-Americana

Huracán e Independiente Santa Fe iniciam a decisão da Copa Sul-Americana

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
01/12/2015 20:00:46

Em: Copa Sul-Americana, Futebol Internacional, Huracán (ARG), Santa Fe-COL
Huracán terá a missão de construir um placar favorável em casa no primeiro jogo da final (Foto: Juan Mabromata/AFP)
Huracán terá a missão de construir um placar favorável em casa no primeiro jogo da final (Foto: Juan Mabromata/AFP)

Huracán e Independiente Santa Fe se enfrentam nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), no Estádio El Palácio, em Buenos Aires, na Argentina, pela primeira partida da grande decisão da Copa Sul-Americana. O segundo confronto será na próxima semana, na Colômbia, e o ganhador, além do caneco, fatura uma vaga na próxima Copa Libertadores e o direito de enfrentar o River Plate na Recopa Sul-Americana.

O Huracán, por sinal, eliminou o River Plate nas semifinais, em duelo argentino que terminou empatado por 2 a 2 na volta, com o Globo tendo vencido na ida por 1 a 0. Já o Santa Fe despachou o Sportivo Luqueño, do Paraguai, graças ao gol qualificado. Os dois times empataram por 1 a 1 em território paraguaio e sem gols na capital colombiana. Na decisão o gol marcado fora de casa não tem validade para critério de desempate.

Eduardo Domínguez, técnico do Huracán, admite que disputar essa final é um sonho para seus jogadores.

“Estamos diante de um sonho, de uma oportunidade única e por isso mesmo o nível de dedicação é máximo. Estamos tendo que controlar a ansiedade para chegarmos bem nesta quarta-feira. É importante conquistarmos uma vitória neste primeiro jogo”, disse Domínguez.

Gerardo Pelusso, treinador do Independiente Santa Fe, se mostra mais preocupado em afastar o rótulo de favorito que boa parte da imprensa sul-americana está procurando colocar em sua equipe. Ele lembrou o bom momento do Huracán.

“Se o Huracán chegou a esta decisão eliminando o atual campeão do torneio e da Copa Libertadores é porque não pode ser desprezado. Não podemos nos iludir esperando nenhum tipo de facilidade”, disse Pelusso.

Em termos de escalação o Independiente Santa Fe tem um desfalque. O volante Juan Daniel Roa, suspenso por acúmulo de cartões amarelos, fica de fora. Yulián Anchico será o substituto. Já o Huracán, com a recuperação do atacante Cristian Espinoza, que chegou a ser dúvida por conta de dores na perna direita, conta com força máxima.

FICHA TÉCNICA
HURACÁN-ARG X INDEPENDIENTE SANTA FE-COL

Local: Estádio El Palácio, em Buenos Aires (Argentina)
Data: 2 de dezembro de 2015 (Quarta-feira)
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Antonio Arias (Paraguai)
Assistentes: Eduardo Cardozo e Milciades Saldivar (Paraguai)

HURACÁN: Marcos Díaz, San Román, Hugo Nervo, Federico Mancinelli e Luciano Balbi; Federico Vismara, Mauro Bogado, Patricio Toranzo e Daniel Montenegro; Cristian Espinoza e Ramón Ábila
Técnico: Eduardo Domínguez

INDEPENDIENTE SANTA FE: Róbinson Zapata, Almir Soto, Yerry Mina, Francisco Meza e Leyvin Balanta; Yulián Anchico, Sebastián Salazar, Yeison Gordillo e Luis Manuel Seijas; Daniel Angulo e Wilson Morelo
Técnico: Gerardo Pelusso

Ads – Rodapé Posts