Gazeta Esportiva

Esposa de Daniel Alves publica vídeo: “Momento de calma dentro da tempestade”

São Paulo, SP

23/01/23 | 18:17 - 23/01/23 | 18:22

A modelo espanhola Joana Sanz, esposa do jogador brasileiro Daniel Alves, publicou um vídeo na função stories de seu Instagram nesta segunda-feira para agradecer as mensagens recebidas nos últimos dias. Além da morte recente da mãe, ela lida com a prisão do lateral direito em Barcelona, acusado de agressão sexual contra uma mulher de 23 anos em 30 de dezembro.

"Estou fazendo esse vídeo para que vocês me vejam, porque sei que tem muita gente preocupada. Agora tive um momento de calma dentro da tempestade que está caindo em cima de mim e quero aproveitar para agradecer a tantas pessoas que estão me apoiando", iniciou a modelo.

"Há tantas mensagens preciosas que, nem nos melhores livros de autoajuda, superação, ânimo há palavras tão lindas e cheias de carinho. Estou lendo todas e me reconfortam muito, pessoas que pegam o seu tempo para escrever algo tão bonito. De verdade, muito obrigada", complementou.

Mais cedo, Joana publicou uma longa mensagem à sua mãe, que faleceu há cerca de uma semana. Depois da prisão preventiva do jogador, ela escreveu que tinha perdido "os dois pilares" de sua vida. Também nesta segunda, ela escreveu: "coração, aguente tanta dor, por favor".

Já no final de semana, a modelo pediu privacidade aos veículos de comunicação que se encontram em frente à sua casa. "Tenham um pouco de empatia ao invés de buscar tantas notícias na dor dos outros", escreveu na ocasião.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Entenda o caso

Daniel Alves foi preso na última sexta-feira, após prestar depoimento voluntariamente à polícia de Barcelona, na Espanha, por uma acusação de agressão sexual contra uma jovem de 23 anos em uma boate local, chamada Sutton.

As autoridades catalãs informaram que o jogador deve permanecer detido até que ocorra o julgamento do caso, ainda sem data definida. Mais tarde no mesmo dia, o Pumas, do México, anunciou a rescisão contratual do lateral de 39 anos de idade.

A juíza do processo, Maria Concepción Canton Martín, ordenou prisão preventiva sem fiança de Daniel Alves, a pedido do Ministério Público. Foi ela quem ouviu todos os depoimentos (da denunciante, de Daniel e de um amigo do atleta que estava presente na boate) e teve acesso às provas apresentadas pela jovem.

Daniel Alves nega todas as acusações, mas mudou ao menos três vezes sua versão dos fatos. Ele foi levado ao Centro Penitenciário Brians 1, nos arredores de Barcelona, mas, nesta segunda, acabou transferido ao Brians 2 por questões de segurança. Caso seja condenado, o jogador pode pegar uma pena de até 15 anos.

 

Modelo tem se comunicado com fãs nas redes sociais (Foto: Reprodução)

Deixe seu comentário