Cláusula de contrato assusta e Santos recua em negócio com Gedoz

Do correspondente Vitor Anjos - Santos,SP

11-11-2016 10:26:56

Felipe Gedoz acertou salários com o Santos, mas cláusula de com clube belga pode brecar negócio (Divulgação/Club Brugge)
Gedoz acertou salários com o Santos, mas negociação pode ser travada (Divulgação/Club Brugge)

O Santos já acertou salários e tempo de contrato com o meia-atacante Felipe Gedoz. Porém, um acordo do atleta com o Brugge, da Bélgica, pode atrapalhar a negociação. Atualmente, o jogador de 23 anos tem contrato com o clube até o fim deste ano. Teoricamente, ele estaria livre para assinar com o Peixe. O problema é que existe uma cláusula que prevê a renovação automática por mais uma temporada. Por conta disso, para ter o reforço já em janeiro, o alvinegro precisa pagar 1 milhão de euros (cerca de R$ 3,7 milhões), valor considerado muito alto.

A ideia da diretoria é fazer um vínculo de quatro anos com Gedoz. O presidente Modesto Roma está disposto a desembolsar pouco mais de R$ 100 mil mensais. Mas por conta dessa quantia que o clube belga está pedindo, o a contratação já não é mais dada como certa na Vila Belmiro.

O meia-atacante se encaixa no perfil procurado pela cúpula santista. Gedoz é considerado um atleta rápido e pode atuar pelos dois lados do campo e até como referência no ataque. Outro fator importante é a experiência do jogador na Libertadores da América. Em 2014, ele foi um dos destaques da competição continental atuando pelo Defensor, do Uruguai, ao lado de Arrascaeta, hoje no Cruzeiro.

Nos últimos anos, o jogador chegou a ser especulado no Atlético-MG e também no Cruzeiro. Porém, o negócio não evoluiu com nenhuma das equipes e ele acabou permanecendo na Bélgica.

Além de mais dois nomes para o setor ofensivo, o Peixe pretende trazer pelo menos mais um zagueiro, um lateral e um meia. Até o momento, o único jogador confirmado para 2017 foi o colombiano Vladimir Hernandez, atacante do Junior Barranquilla.

 

Deixe seu comentário