Futebol/Campeonato Paranaense

Coxa chega à decisão ao bater o FC Cascavel. Toledo é o adversário

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes - Curitiba , PR
17/02/2019 19:10:57 — 17/02/2019 20:39:09

Em: Campeonato Paranaense, Coritiba, Futebol, Notícias, Operário-PR
Alviverde foi dominado durante o jogo, mas segurou o empate (Divulgação/CFC)

 

Depois de empatar sem gols no tempo regulamentar, o Coritiba conseguiu a classificação para a Taça Barcímio Sicupira, o primeiro turno do Campeonato Paranaense, ao bater o FC Cascavel por 5 a 3 nas penalidades, no Estádio Olímpico Regional lotado. Agora, Coxa e Toledo se encontrarão no próximo domingo, dia 24 de fevereiro, no Couto Pereira, quando decidirão o campeão do primeiro turno e o primeiro finalista do Estadual.

O Coxa começou a partida tentando manter a posse de bola, mas enfrentava uma marcação bem postada do time da casa, que chegava com força. Aos três minutos, Simões invadiu a área e foi travado no momento exato do cruzamento. Levantamento na área coxa-branca, aos seis minutos, Ricardo Lobo dividiu com Wilson, mas o goleiro levou a melhor.

O Alviverde tinha dificuldade para passar da intermediária. Aos 11 minutos, aproveitando cobrança e escanteio, Hitalo Rogério testou para defesa de Wilson. Mais Serpente no ataque, aos 18 minutos, Everton Silva cruzou fechado, a bola passou por todo mundo e carimbou a trave. Ricardo Lobo recebeu na área, aos 23 minutos, chutou sem ângulo e Wilson cedeu escanteio.

O Cascavel dominava totalmente as ações diante de um Coritiba atordoado. Aos 34 minutos, a primeira chegada do Coxa,com Iago Dias, que ficou no chão dentro da área pedindo uma penalidade que não aconteceu e não foi marcada. Aos 38 minutos, cobrança de escanteio para Rodrigão, que desviou de cabeça e acertou o travessão. Serpente rondando novamente, aos 42 minutos, com Léo Bartholo pegando sobra de bola e chutando para ganhar escanteio após desvio.

Para a segunda etapa, as equipes retornaram sem alterações. Aos quatro minutos, Giovanni cobrou escanteio e Sabino subiu para mandar pela linha de fundo. O Alviverde conseguia ficar mais com a bola, mas seguia com dificuldade em criar. O jogo voltou mais truncado do intervalo. Aos 12 minutos, Bartholo chutou e Lobo desviou para fora no meio do caminho.

O Cascavel usava seu lado esquerdo e pressionava. Aos 20 minutos, batendo de primeira, cruzado, Oberdan parou em grande defesa de Wilson. Aos 25 minutos, William Simões partiu para a jogada individual, invadiu a área, e foi puxado por Vitor Carvalho. O árbitro anotou a penalidade. Na cobrança, Ricardo Lobo bateu rasteiro, fraco, e parou em Wilson.

A Serpente não se abateu com o lance perdido, e continuava com mais ação no campo de ataque. Aos 36 minutos, Rodrigão balançou a rede para o Coxa, mas o árbitro anulou o lance anotando impedimento. Aos 40 minutos, Nathan chegou inteiro na jogada, mas cruzou nas mãos de Fernando. O resultado levou a disputa para as penalidades.

O goleiro Wilson foi o primeiro a cobrar para o Coritiba e marcar. Hitalo Rogério deixou tudo igual. Giovanni marcou, chorado, por baixo do goleiro. William Simões fez o segundo da Serpente. O zagueiro Sabino converteu a cobrança. Rafael Gomes chutou no cantinho para marcar. Rodrigão escorregou, mas fez o dele. Lucas Tocantins parou em Wilson. Juan Alano definiu a classificação.

Outra semifinal – Enquanto isso, no Estádio Municipal 14 de Dezembro, Toledo e Operário, de Ponta Grossa, empataram em 1 a 1 no tempo regulamentar. Nas penalidades, vitória do Toledo, por 3 a 1. O Porco abriu o placar aos sete minutos da primeira etapa, com Eduardo Luiz, e segurou o resultado até o final da partida quando Cleyton, aos 44 minutos do segundo tempo, deixou tudo igual.

FC CASCAVEL 0 (3) X (5) 0 CORITIBA

Local: Estádio Olímpico Regional, em Cascavel (PR)
Data: 17 de fevereiro de 2019, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Jr.
Assistentes: Pedro Martinelli Christino e Júlio César de Souza
Cartões amarelos : Duda (Cascavel); Rodrigão e Wilson (Coritiba)

FC CASCAVEL: Fernando; Everton, Ítalo, Hitalo Rogério e William Simões; Duda, Libano e Bartholo; Oberdan (Rafael Gomes), Mateuzinho (Tocantins) e Ricardo Lobo (Foguete)
Técnico: Paulo Foiani.

CORITIBA: Wilson; Felipe Mattioni (Savio), Alan Costa, Sabino e Fabiano; João Vitor e Vitor Carvalho; Kady (Juan Alano), Giovanni e Iago Dias(Nathan); Rodrigão.
Técnico: Argel Fucks