NBA

Pressionados até o fim, Warriors batem Jazz de Raulzinho e mantêm 100%

São Paulo , SP
01/12/2015 08:46:13 — 01/12/2015 08:51:49

Em: Basquete, Mais Esportes, NBA

Atual campeão, o Golden State Warriors sofreu para evitar a primeira derrota da temporada. Na noite de segunda-feira, a equipe visitou o Utah Jazz de Raulzinho Neto na Energy Solutions Arena, e só definiu a vitória por 106 a 103 nos segundos finais. Embora tenha dominado toda a partida, formação californiana sofreu a virada a menos de dois minutos do fim, mas foi capaz de reassumir a dianteira, assinalar o 19º triunfo consecutivo e manter a invencibilidade.

Titular, Raulzinho teve uma atuação apagada e sequer pontuou durante os 15 minutos de atuação, limitando-se a duas assistências e um toco. Leandrinho Barbosa também não foi bem e anotou só dois pontos, uma assistência e um toco em 11 minutos.

Stephen Curry foi o cestinha da partida, com 26 unidades, e ainda recuperou seis rebotes e distribuiu cinco assistências. A principal contribuição do MVP, contudo, foi a sequência de cestas de três nos momentos finais, que deram a vitória ao Golden State. Klay Thompson e Draymond Green marcaram 20 pontos cada.

Do lado perdedor, Gordon Hayward e Derrick Favors lideraram a boa atuação anfitriã, com 24 e 23 pontos, respectivamente. A exemplo de Favors, responsável por dez rebotes, Rudy Gobert chegou ao duplou-duplo com 13 pontos e 11 rebotes, mas não foi suficiente para evitar a derrota para os campeões diante da torcida.

Os líderes da Conferência Oeste voltam à ativa na quarta-feira, quando visitam o Charlotte Hornets para ampliar ainda mais o recorde de melhor debute da história da NBA. Na quinta-feira, o Utah Jazz, sétimo do Oeste, tenta a reabilitação diante do Orlando Magic, de novo em casa.

Decisivo, Curry manteve os Warriors vivos nos minutos finais e manteve a invencibilidade (foto: Melissa Majchrzak/AF)
Decisivo, Curry manteve os Warriors vivos nos minutos finais e garantiu a invencibilidade (foto: Melissa Majchrzak/AF)

O jogo – O primeiro quarto começou equilibrado (13 a 13). Uma enterrada de Ezeli colocou os visitantes na frente, e, liderado por Green, o time de Oakland abriu vantagem de seis pontos (26 a 20). O Jazz conseguiu tirar a diferença no segundo quarto (51 a 48), mas Green acertou uma de curta distância e protegeu a vantagem antes da ida aos vestiários (53 a 48).

Embalado, Curry cresceu no início do terceiro e ajudou sua equipe a abrir 11 pontos (61 a 50). Favors e Burks frearam a reação adversária e tornaram a encostar (71 a 73), mas Thompson converteu mais uma de fora da linha dos três e os Warriors foram para o último quarto novamente seis pontos à frente (83 a 77).

Quando tudo parceria perdido, o ala-armador Rodney Hood comandou a reação: converteu dois lances livres e uma cesta de três e recolocou o Jazz no jogo. Favors passou a cavar faltas e não desperdiçou as cobranças, colocando os anfitriões na liderança pela primeira vez (90 a 87).

A dois minutos do fim, Favors encaixou um contra-ataque, girou no garrafão e acertou a pontaria (99 a 97). Mas o Jogador Mais Valioso mostrou que merece o posto. Certeiro, Curry respondeu às boas jogadas com acertos de longa distância, manteve os Warriors vivos e afastou o perigo com mais uma de três a 51 segundos do fim (104 a 101). Hood tornou a encostar (104 a 103), mas o cestinha segurou a bola embaixo do braço e arrancou mais dois lances livres. No último segundo, Hayward perdeu a chance de forçar a prorrogação e viu os visitantes vencerem por 106 a 103.

Confira os resultados de segunda-feira na NBA:

Houston Rockets 105 x 116 Detroit Pistons
Boston Celtics 105 x 95 Miami Heat
Oklahoma City Thunder 100 x 106 Atlanta Hawks
San Antonio Spurs 89 x 92 Chicago Bulls
Denver Nuggets 74 x 92 Milwaukee Bucks
Golden State Warriors 106 x 103 Utah Jazz
Dallas Mavericks 98 x 112 Sacramento Kings
Portland Trail Blazers 87 x 102 Los Angeles Clippers