Cruzeiro sofre, mas vence o Villa Nova com gol contra nos minutos finais

São Paulo, SP

28-01-2020 21:57:40


Com sofrimento até os minutos finais, o Cruzeiro venceu o Villa Nova em casa por 1 a 0 na noite desta terça-feira. Para sair com os três pontos, a equipe de Adilson Batista contou com a boa atuação de jovens atletas e ,principalmente, um gol contra de Wellington.

Em um primeiro tempo com muitas faltas, o jogo foi amarrado e ambas as equipes tiveram dificuldades para criar chances de gol. O Cruzeiro mantinha a posse de bola e ocupava o campo de ataque, mas ainda assim incomodou pouco o goleiro Ricardo Vilar.

A segunda etapa começou diante de uma forte chuva, que dificultava a troca de passes. No entanto, a Raposa conseguiu ser mais efetiva no ataque e criou boas chances. A principal ocorreu aos 27 minutos, quando Maurício recebeu um cruzamento com liberdade, cabeceou, mas o goleiro visitante fez a defesa.

Quando o jogo parecia caminhar para um empate, aparece o garoto Marco Antônio, que em sua primeira partida pelo profissional, fez um cruzamento para dentro da área que o meia Wellington, aos 37 minutos, acabou mandando para o próprio patrimônio.

Os minutos finais de jogo serviram apenas para que o Cruzeiro administrasse a vitória por 1 a 0, que deixa a equipe com os mesmos seis pontos do líder Atlético-MG.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 1 X 0 VILLA NOVA

Local: Estádio do Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data: 28 de janeiro de 2020, terça-feira
Horário: 20h00 (Brasília)
Arbitragem: Felipe Fernandes De Lima
Auxiliares: Marconi Helbert Vieira e Pablo Almeida Costa
Cartão amarelo:
CRUZEIRO:
Rafael Santos, Adriano, Judivan
VILLA NOVA: Roniery, Rodolfo Mol
GOL: 
CRUZEIRO: Wellington (contra), aos 37 minutos do 2ºT

CRUZEIRO: ​Fábio; Edilson, Léo, Cacá e Rafael Santos; Adriano (Marco Antônio), Jadsom, Rodriguinho e Maurício; Alexandre Jesus (Caio) e Judivan (Welinton)
Técnico: Adilson Batista

VILLA NOVA: Ricardo Vilar; Roniery (Renato Bruno), Rodolfo Mol (Wellington Reis), Diego Macedo e Iury; Welligton, Diogo Oliveira e Augusto Recife; Bruno Smith (Leandro Brasília), Paulo Henrique e Leandro Cearense
Técnico: Emerson Ávila

Deixe seu comentário