Futebol internacional

Santa Cruz brilha pelo Olimpia; Wilstermann vira graças a gols brasileiros

São Paulo , SP
02/02/2018 00:42:41

Em: Futebol, Futebol Internacional, Libertadores, Notícias, Olimpia (PAR), Pré-Libertadores da América

O artilheiro Roque Santa Cruz, mesmo aos 36 anos, continua sendo decisivo. Na noite dessa quinta-feira, foi dele o gol da vitória do Olimpia por 1 a 0 em cima do Junior Barranquilla pelo confronto de ida da segunda fase da Copa Libertadores da América. Apesar do placar magro, o resultado conquistado no acanhado estádio Manuel Ferreira, em Assunção, dá aos paraguaios a oportunidade de conquistar a classificação com qualquer empate no jogo de volta, marcado para quinta que vem, no estádio Metropolitano, em Barranquilla, na Colômbia.

O único gol do jogo saiu aos 37 minutos da etapa inicial. Roque Santa Cruz mostrou o velho faro de artilheiro para colocar o Olimpia em vantagem. Apesar disso, os donos da casa sofreram mais do que imaginavam no segundo tempo, quando chegaram a levar um gol nos minutos finais, que acabou anulado pela arbitragem.

Roque Santa Cruz (dir.), aos 36 anos, marcou o gol da vitória do Olimpia (Foto: Norberto Duarte/AFP)

De qualquer forma, quem avançar enfrentará o vencedor do duelo entre Carabobo-VEN e Guarani-PAR. Os venezuelanos saíram na frente com uma vitória por 1 a 0, em casa. Só após a terceira fase é que será definido o último membro do grupo 8 da Copa Libertadores da América, que já conta com Palmeiras, Boca Juniors e Alianza Lima.

Brasileiros brilham pelo Wilstermann
No outro jogo da noite, um embate entre bolivianos. E melhor para o Jorge Wilstermann, que arrancou uma vitória de virada por 2 a 1 em ciam do Oriente Petrolero, fora de casa, no estádio Ramón Tahuichi Aguilera Costas, na cidade de Santa Cruz.

O modesto, mas empolgado time do Oriente Petrolero até saiu na frente com Anez, aos 38 minutos de jogo. Mas, na etapa final, os brasileiros do Jorge Wilstermann resolveram entrar em ação. Primeiro, Lucas Gaúcho empatou o jogo aos 19 minutos. Depois, quando as duas equipes tinham dez homens em campo devido as expulsões de Paredes e Zenteno, de forma cruel para a torcida local, Serginho foi às redes aos 48 e deu a vitória para o Wilstermann, de virada.

O brasileiro Lucas Gaúcho foi ás redes antes de Serginho, pelo Wilstermann (Foto: Aizar Raldes/AFP)

O resultado complica muito a vida do Oriente Petrolero, que agora precisará de uma vitória por dois gols de diferença ou vencer por placares com a diferença mínima a partir de 3 a 2. A única hipótese de tudo ser definido nos pênaltis é Jorge Wilstermann perder em casa também por 2 a 1. A situação é difícil para o Oriente Petrolero, mas, depois da classificação heroica na primeira fase, não há como duvidar de nada. A partida está marcada para quinta-feira que vem, no estádio Félix Capriles.

A equipe boliviana que passar vai enfrentar provavelmente o Vasco da Gama, que já enfiou 4 a 0 no Universidad Concepción, fora de casa, no duelo de ida. Desta chave sairá o último membro do grupo 5 da Libertadores, que terá também Cruzeiro, Racing e Universidad de Chile.




  • Peter

    Lucas Gaúcho eterno cavalo paraguai