Gazeta Esportiva

Dominado, Corinthians perde de novo do Flamengo e cai nas quartas da Libertadores

São Paulo, SP

09/08/22 | 23:21

O Flamengo está nas semifinais da Copa Libertadores de 2022! O Rubro-Negro venceu o Corinthians, na noite desta terça-feira, no Maracanã, por 1 a 0 e, com agregado de 3 a 0, avançou e irá enfrentar, na próxima fase, o vencedor de Talleres e Vélez Sársfield, que jogam nesta quarta, às 21h30 (de Brasília).

O primeiro tempo foi equilibrado, com duas chances para ambos os lados, as do Rubro-Negro com Pedro e Everton Ribeiro e as do Timão com Adson (uma delas travada pela defesa).

No início da segunda etapa, após um bom início alvinegro, Arrascaeta mandou para Pedro, que não perdoou e abriu o placar, fazendo seu oitavo gol na competição, na artilharia isolada. Bruno Méndez, ainda, acabou expulso após toque no braço na entrada da área.

Agora, o Corinthians volta suas atenções para as duas competições restantes do seu calendário: Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil. Primeiro, recebe o arquirrival Palmeiras, neste sábado, em briga direta no Brasileirão, às 19h (de Brasília).

Depois, é a vez de enfrentar o Atlético-GO, também na Neo Química Arena, pela volta das quartas de final da Copa do Brasil, na quarta-feira. Assim como nesta terça, precisará reverter um placar de 2 a 0.

O Flamengo, por outro lado, terá dois duelos contra o Athletico-PR: primeiro no domingo, pelo Brasileiro, no Maracanã, e, na quarta, na Arena da Baixada, pelas quartas da Copa do Brasil. Na ida, empate sem gols.


O jogo

Primeiro tempo equilibrado

Os primeiros minutos de duelo foram de Yuri Alberto no chão, após ser acertado no rosto por Thiago Maia. Primeiros instantes nervosos.

Na sequência, o Flamengo chegou pela primeira vez, com cruzamento de Everton Ribeiro para Pedro, que dominou no peito e mandou uma bicicleta. A bola passou com perigo pelo lado direito de Cássio.

A resposta aconteceu apenas aos dez minutos, quando Yuri Alberto recebeu de Willian na entrada da área, carregou a bola, mas, na hora de chutar, foi interceptado. Pouco depois, Adson foi atrás de Thiago Maia e roubou a bola, cruzando com perigo, para defesa de Santos.

Rodinei saiu jogando errado após isso, Fábio Santos tabelou com Willian, e o lateral cruzou para a área, encontrando Fausto, que chutou mascado, sem perigo. Rodinei se redimiu ao cruzar na medida para Everton Ribeiro, na jogada ofensiva seguinte, em cabeçada para fora, com perigo.

Aos 19, falta perigosa para o Corinthians pelo lado esquerdo. Na cobrança, Willian mandou na barreira, nos jogadores alvinegros. O próximo lance de perigo foi justamente do camisa 10, derrubado por Léo Pereira após tentar drible bem perto da área. Na cobrança, Santos defendeu.

No lado esquerdo, triangulação entre Fábio Santos, Willian e Adson, com cruzamento do camisa 28 para a área, cortado pela zaga. O Flamengo começou a rondar mais a área adversária, mas sem efetividade, até os 32 minutos, quando Everton Ribeiro deixou Rodinei na cara do gol, mas Raul tirou. Pouco depois, Gabigol arriscou de fora da área, passando perto da trave.

Balde de água fria logo no início

Enquanto o Flamengo voltou sem mudanças, Renato Augusto entrou na vaga de Fausto Vera no Corinthians. Depois de passe de Willian, Roni carregou a bola com tranquilidade e chutou para fora. Pouco depois foi a vez de Du Queiroz tentar de fora da área, por cima. O Alvinegro seguiu tentando, em chute novo chute de Du, travado pela zaga.

O bom momento, porém, foi totalmente apagado em lance com Arrascaeta, que escapou pela esquerda, tirou Fagner e cruzou rasteiro na medida para Pedro, que chegou no carrinho e mandou para o fundo das redes, abrindo o marcador e ampliando ainda mais a vantagem, com agregado de 3 a 0.

Logo na sequência, o Fla teve chance de fazer mais um, quando Arrascaeta fez outra jogada pelo meio e passou para Gabigol, pela direita, em grande defesa de Cássio. Aos 17, o uruguaio bateu falta e David Luiz cabeceou na rede, mas pelo lado de fora.

Pouco tempo depois, Pedro brigou com Bruno Méndez perto da área pela bola, e o defensor colocou o braço na bola. Chamado pelo VAR, o árbitro aplicou o cartão vermelho. Com a expulsão de Méndez, Adson saiu para a entrada de Balbuena.

Após erro de Raul Gustavo no campo de defesa, Thiago Maia cruzou e encontrou Gabigol, que chutou em cima de Cássio. No rebote, o camisa 9 chutou e Balbuena salvou o Corinthians. Cássio precisou fazer nova defesa em chute de Gabi pouco tempo depois. Já partindo para o final do duelo, Gabigol teve outra chance, mas mandou para fora.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1 X 0 CORINTHIANS

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 9 de agosto de 2022 (terça-feira)
Horário: às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Esteban Ostojich (URU)
Auxiliares: Richard Trindad (URU) e Carlos Barreiro (URU)
VAR: Leodan Gonzalez (URU)
Cartões amarelos: Léo Pereira (Flamengo); Raul Gustavo (Corinthians)
Cartão vermelho: Bruno Méndez (Corinthians)
GOLS:
Flamengo: Pedro, aos seis minutos do segundo tempo.
Público presente: 68.418 torcedores // Público pagante: 62.802 torcedores
Renda: R$ 5.387.254,50

FLAMENGO: Santos, Rodinei (Matheuzinho), David Luiz, Léo Pereira e Filipe Luis; João Gomes (Diego), Thiago Maia (Vidal) e Everton Ribeiro (Victor Hugo); Arrascaeta, Pedro (Everton Cebolinha) e Gabigol. Técnico: Dorival Júnior.

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Bruno Méndez, Raul Gustavo e Fábio Santos; Fausto (Renato Augusto), Roni (Giuliano) e Du Queiroz; Adson (Balbuena), Willian (Gustavo Silva) e Yuri Alberto (Róger Guedes). Técnico: Vítor Pereira.

Deixe seu comentário