Árbitro registra ofensas de Jardine a torcedores do Capivariano

São Paulo, SP

08-01-2017 15:14:39

A confusão no final da partida entre São Paulo e Capivariano, realizada no sábado, pela terceira rodada no Grupo 13 da Copa São Paulo de Futebol Júnior, pode ter consequências para o Tricolor. O árbitro do confronto, Thiago Luis Scarascati, registrou na súmula do jogo ofensas do técnico André Jardine a torcedores do time da casa.

Segundo consta no documento, após o segundo gol do São Paulo, que aconteceu aos 46 minutos do segundo tempo, Jardine teria se dirigido aos torcedores do Capivariano e proferido as seguintes palavras: “Chupa, vai se f... seus filhos da p..., aqui é São Paulo”, gesticulando e atirando um copo de água para cima.

 

 

A atitude do treinador são-paulino gerou rapidamente uma reação por parte do Capivariano. O preparador de goleiros da equipe interiorana, Tiago Toledo, foi em direção a Jardine e, com o dedo em riste, protestou: “você tem que respeitar, vai se f... seu c...”. O árbitro prontamente expulsou os dois envolvidos e a confusão aumentou, sendo necessária a intervenção policial. O jogo ficou paralisado por cerca de cinco minutos.

Thiago Luis Scarascati também registrou na súmula que foram atirados ao gramado copos, garrafas e uma pedra, que partiu da torcida do Capivariano com destino ao banco de reservas do São Paulo. O árbitro ainda apontou uma discussão entre torcedores tricolores e membros da comissão técnica do Capivariano.

Dentro de campo, o São Paulo enfrentou dificuldades para vencer por 3 a 1. O Tricolor saiu na frente, sofreu o empate e só conseguiu confirmar a vitória nos minutos finais, marcando dois gols nos acréscimos. Com o resultado, o São Paulo confirmou o primeiro lugar do grupo e terá pela frente a Chapecoense na próxima fase. Já o Capivariano passou em segundo e enfrentará o Nova Iguaçu. As datas e os horários destes jogos ainda não foram definidos pela organização do torneio.

Deixe seu comentário