Fluminense e Portuguesa empatam no jogo de ida da semifinal do Carioca

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

02-05-2021 18:22:06

Tudo igual no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Carioca entre Portuguesa e Fluminense. Neste domingo, em jogo movimentado, o Fluzão saiu atrás do placar, mas chegou ao empate: 1 a 1, no Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador. Como fez melhor campanha na fase de classificação, o Fluminense tem a vantagem do empate na partida de volta.

As duas equipes voltam a se enfrentar no domingo, às 16 horas (de Brasília), no Maracanã. Antes, o Tricolor tem mais um compromisso pela Libertadores. Na quinta-feira, encara o Junior Barranquilla, na Colômbia, às 19 horas (de Brasília).

Em meio à disputa da Libertadores, Roger Machado preservou a maioria dos titulares. Apenas dois iniciaram o duelo com a Portuguesa: o goleiro Marcos Felipe e o lateral-esquerdo Egídio, suspensos no torneio internacional. Depois, Martinelli entrou ainda na primeira etapa, para substituir o lesionado Hudson, e Kayky e Yago foram lançados na etapa final.

A Portuguesa continua invicta contra os grandes clubes. Na Taça Guanabara, venceu Vasco e Fluminense e empatou com Botafogo e Flamengo.


Portuguesa sai na frente contra o Fluminense

O Fluminense logo assustou a Portuguesa. Egídio cruzou e Ganso obrigou Negueti a salvar. No rebote, Samuel Xavier emendou para fora, com perigo. Os donos da casa responderam com Chay, mas o chute dele foi bloqueado por Manoel.

Aos dez minutos, após cobrança de escanteio, a bola bateu na mão de Ganso. No VAR, agora utilizado a partir das semifinais do Carioca, Wagner do Nascimento Magalhães recomendou a revisão do lance. O árbitro Alexandre Vargas Tavares de Jesus marcou o pênalti. Chay cobrou e fez 1 a 0 para a Portuguesa, aos 14 minutos.

O Fluminense não demorou a criar chances para empatar, mas desperdiçou com Abel Hernández. Na primeira, ele recebeu de Gabriel Teixeira e isolou. Na sequência, em novo passe do jovem atacante, Abel ficou cara a cara com Negueti, mas a cavadinha não pegou altura e parou no goleiro.

O empate parecia questão de tempo, mas a Portuguesa conseguiu se segurar e ainda assustou em contra-ataque de Romarinho. O chute foi para fora. O técnico Roger Machado precisou fazer a primeira mudança. Hudson sentiu e deu lugar a Martinelli. Nos acréscimos do primeiro tempo, Ganso quase empatou, mas Watson salvou em cima da linha.

Fluminense empata de pênalti

No começo da etapa final, Cazares assustou em chute fora da área. A bola foi para fora. A Portuguesa respondeu com Chay. Ele ganhou no corpo de Matheus Ferraz, invadiu a área e chutou para defesa de Marcos Felipe. Na sequência, a cabeçada de Ganso desviou na mão de Diego Guerra. O VAR recomendou a revisão do lance. Pênalti para o Fluminense. Abel Hernández cobrou e fez 1 a 1, aos 11 minutos do segundo tempo.

Marcos Felipe voltou a trabalhar em chute de fora da área de Cafu. Ele mandou para escanteio. Roger Machado fez mais duas mudanças e colocou Kayky e Bobadilla. Saíram Cazares e Abel Hernández.

O ritmo da partida caiu, mas ganhou emoção no fim. Marcos Felipe, já nos acréscimos, brilhou em defesa de chute de Mauro Silva. Depois, foi a vez de Negueti impedir finalização de Caio Paulista, lançado no lugar de Ganso. Desta forma, o empate por 1 a 1 persistiu.

FICHA TÉCNICA

PORTUGUESA 1X1 FLUMINENSE

Local: Estádio Luso-Brasileiro, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 2 de maio de 2021, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Carlos Henrique Cardoso de Souza
VAR: Wagner do Nascimento Magalhães

Cartão amarelo: Watson, Chay, Diego Guerra e Wellington Cézar (Portuguesa) e Hudson, Wellington e Bobadilla (Fluminense)

Gol:
Portuguesa: Chay, aos 14 minutos do 1º tempo
Fluminense: Abel Hernández, aos 11 minutos do 2º tempo

PORTUGUESA: Negueti; Watson (Muniz), Pedro Carrerete, Diego Guerra e Luis Gustavo; Wellington Cézar, Mauro Silva e Cafu (Éverton Heleno); Romarinho (Andrezinho), Chay (Pernão) e Jhulliam (Douglas Eskilo)
Técnico: Felipe Surian

FLUMINENSE: Marcos Felipe; Samuel Xavier, Manoel, Matheus Ferraz e Egídio; Wellington (Yago), Hudson (Martinelli), Cazares (Kayky) e Ganso (Caio Paulista); Gabriel Teixeira e Abel Hernández (Bobadilla)
Técnico: Roger Machado

Deixe seu comentário