Futebol/Campeonato Brasileiro Série B

Vitória empata em casa com o Operário e não se distancia do Z-4

São Paulo , SP
24/08/2019 18:28:13

Em: Brasileiro Série B, Futebol, Notícias, Operário-PR, Vitória
Vitória ficou no 0 a 0 com o Operário no Barradão (Foto: Reprodução)

Neste sábado, o Vitória recebeu o Operário, no Barradão, para tentar se distanciar de vez do Z-4, mas não conseguiu tirar o zero do placar pela Série B. Em jogo sem inspiração pelos dois lados, o 0 a 0 persistiu no marcador do início ao fim da partida.

Com o resultado, o Vitória chega aos 19 pontos, mas ainda vive com o perigo da zona do rebaixamento na 15ª colocação. Já o Operário perdeu a chance de encostar no pelotão de cima e estaciona em 10º lugar com 25 pontos.

A primeira etapa foi pouco mais movimentada, com domínio total do Vitória, A equipe de Carlos Amadeu criava boas chances, mas pecava nas finalizações. As duas melhores oportunidades vieram nos pés de Chiquinho, aos 23, e na cobrança de falta de Gedoz, aos 28. Em ambas, entretanto, o goleiro Rodrigo Viana salvou o Operário.

No segundo tempo, porém, o ritmo caiu e o jogo ficou muito amarrado no meio-campo. Precisando da vitória para fugir de vez do Z-4, o Vitória mostrava nervosismo e não conseguia construir as jogadas. Aos poucos, o Operário foi gostando da partida e teve a melhor chance do jogo. Aos 36, Cleyton recebeu pelo meio da área e mandou uma bomba no travessão.

Na próxima rodada, o Leão tem jogo duro contra o vice-líder Coritiba, no Couto Pereira, às 19h15 da próxima terça-feira. Já o Operário recebe o Figueirense no Germano Kruger, também na terça-feira, às 20h30 (de Brasília).

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 0 X 0 OPERÁRIO-PR

Data: 24 de agosto de 2019
Horário: 16h30 (horário de Brasília)
Local: Barradão, Salvador (BA)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Leila Naiara Moreira da Cruz (DF)
Cartões amarelos: Baraka, Felipe Gedoz (Vitória); Rodrigo e Allan Vieira (Operário)

VITÓRIA: Martín Rodríguez; Van, Everton Sena, Ramon, Capa (Nickson); Baraka, Lucas Cândido (Eron), Felipe Gedoz e Chiquinho; Wesley (Anselmo Ramon) e Caicedo.
Técnico: Carlos Amadeu

OPERÁRIO-PR: Rodrigo Viana; Maílton, Edson Borges, Rodrigo e Allan Vieira (Peixoto); Jardel Jardel, Índio e Cleyton; Jean Carlo (Marcelo), Bruno Batata e Felipe Augusto (Cléo Silva)
Técnico: Gerson Gusmão