Gazeta Esportiva

Sampaio Corrêa x Ponte Preta: confira as prováveis escalações e as informações do duelo pela Série B

São Paulo, SP

02/10/22 | 21:30

Pela 33ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, Sampaio Corrêa e Ponte Preta se enfrentam nesta segunda-feira e sonham com uma vaga no G-4. A partida será disputada no Castelão de São Luís, a partir das 20h (de Brasília).

Sampaio Corrêa

Na última partida, a Bolívia Querida derrotou o vice-líder da competição Grêmio por 2 a 1, em casa. A equipe espera aproveitar a vantagem jogando à frente de sua torcida para subir na tabela. O tricolor do Maranhão só perdeu uma vez atuando no Castelão neste campeonato e já conquistou 37 pontos em seus domínios.


O técnico Léo Condé fará mudanças forçadas no time titular em relação ao último jogo. O experiente lateral Pará se machucou e deve ser substituído por Lucas Hipólito. No meio-campo, há dúvidas sobre a condição física de alguns jogadores e Eloir pode ganhar uma chance.

A provável escalação do Sampaio Corrêa é: Luiz Daniel; Mateusinho, Alan Godói, Joécio e Lucas Hipólito; André Luiz, Eloir e Rafael Vila; Pimentinha, Gabriel Poveda e Ygor Catatau.

Duelo dos camisa 9

A partida também marcará o encontro entre os dois principais goleadores da Série B do Brasileirão. Gabriel Poveda é o líder da artilharia com 16 gols pelo Sampaio Corrêa. Em segundo lugar, o experiente Lucca já marcou 14 e é responsável por quase metade (46,6%) dos gols marcados pela Macaca na competição.

Ponte Preta

Para alcançar o G-4, a Bolívia Querida terá que vencer a Ponte Preta que aparece logo em seguida na tabela, na décima posição, com 43 pontos. A Macaca perdeu do Cruzeiro na última rodada por 4 a 1, no Moisés Lucarelli.


O treinador Hélio dos Anjos tem desfalques no ataque e não poderá contar com o camisa 10 Élvis, que cumprirá suspensão, e Fessin, que está lesionado. Entretanto, na defesa terá o retorno do zagueiro Mateus Silva.

A Ponte Preta deve ser escalada com: Caíque França; Igor Formiga, Mateus Silva, Fábio Sanches e Artur; Felipe Amaral, Léo Naldi, Wallisson e Cássio Gabriel; Ribamar e Lucca.

Deixe seu comentário