Brasileiro Série B

Estádio Olímpico | 02/06/2018

Futebol/Campeonato Brasileiro Serie B

Goiás derrota o Atlético-GO no clássico e conquista primeira vitória

São Paulo , SP
02/06/2018 18:36:01 — 02/06/2018 23:44:13

Em: Atlético-GO, Brasileiro Série B, Goiás, Notícias

O Goiás, enfim, conheceu sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro da Série B, e de quebra em um clássico. Jogando diante do rival Atlético-GO, no Estádio Olímpico, pela oitava rodada da competição, os comandados de Ney Franco até saíram atrás no placar, mas aproveitaram a expulsão de René para virar e sair de campo com três pontos ao ganhar por 3 a 1.

O Dragão saiu na frente logo no início da primeira etapa com Júnior Brandão, no entanto, não teve tempo de comemorar, pois Felipe Gedoz empatou na sequência. Antes do intervalo, o zagueiro René foi expulso ao discutir com o árbitro. No segundo tempo, o Esmeraldino fez valer o jogador a mais e marcou duas vezes através do centroavante Lucão, que deu números finais ao triunfo alviverde.

Com o resultado, o Verdão chega aos cinco pontos e ocupa a 18ª colocação na tabela, ainda na zona de rebaixamento. O Rubro-Negro, por sua vez, tem a sequência de três jogos sem perder interrompida, estaciona nos 11 pontos e fica provisoriamente no 9º lugar.

Na rodada seguinte, o Atlético-GO viaja ao Rio Grande do Sul, onde enfrenta o Juventude, no Alfredo Jaconi, às 19h15 (de Brasília) desta terça-feira. No mesmo dia, porém, um pouco mais tarde, às 21h30, o Goiás joga contra a Ponte Preta no Moisés Lucarelli.

O Goiás conheceu a primeira vitória na Série B (Foto: Divulgação/ACG)

Primeiro tempo agitado

Empurrados por sua torcida, o Atlético-GO entrou mais ligado que o rival em campo e logo aos cinco minutos abriu o placar com Júnior Brandão. Júlio César recebeu na direita do ataque, foi levando em direção ao centro e deu boa enfiada para o atacante, que, mesmo sem ângulo, bateu cruzado, balançando as redes.

Após sair atrás, o Goiás foi para o ataque e teve boa chance aos 15 minutos, quando Lucão sofreu falta na entrada da área e Felipe Gedoz cobrou por cima. Na sequência, o meio-campista calibrou o pé e empatou a partida ao acertar belo arremate de fora da área.

Mais tarde, o Esmeraldino teve uma baixa importante. O goleiro Marcelo Rangel passou mal e teve que deixar o campo de ambulância, precisando ser substituído. Em seu lugar entrou Marcos, que faria sua estreia pela equipe justamente contra seu ex-clube.

Passado o começo agitado do clássico, as duas equipes caíram de rendimento e não conseguiam criar boas jogadas para abastecer os atacantes. Porém, nos últimos instantes da primeira etapa, o jogo voltou a ganhar em emoção. O zagueiro René reclamou acintosamente com o árbitro, que deixou de marcar uma falta para o Dragão, e acabou sendo expulso.

Com um jogador a mais nos últimos minutos da etapa inicial, o Esmeraldino pressionou o adversário com o intuito de ir para o intervalo em vantagem. No entanto, esbarrou no goleiro Jefferson que fez ótima defesa em chute cruzado de Carlos Eduardo.

Goiás consolida virada na segunda etapa

Mesmo com um a menos, o Atlético-GO não abdicava do ataque. O Goiás, por sua vez, via o cenário favorável para ganhar o clássico e de quebra chegar a primeira vitória na Série B. Através das estratégias das duas equipes, o jogo ficou aberto.

O Esmeraldino aproveitou o faro de gol de seu centroavante para virar a partida aos 15 minutos. Maranhão fez jogada individual e chutou para Jefferson espalmar, a sobra ficou com Lucão, que, com o gol escancarado, teve só o trabalho de empurrar a bola para as redes.

Sem querer deixar o rival conhecer a primeira vitória na competição, o Dragão adiantou a linha de marcação e se lançou ainda mais ao ataque, mas não conseguiu furar a bem postada defesa esmeraldina para ao menos criar boas oportunidades. Já os comandados de Ney Franco tinham o contra-ataque à disposição, mas pecavam na construção dele.

Nos minutos finais do duelo, o Dragão, já desesperado, foi para o tudo ou nada e deixou um buraco em sua defesa, aproveitado pelo adversário. Michael recebeu na ponta direita da área, deu um corte que deixou Lucas Rocha no chão e tocou para Lucão marcar seu segundo gol e dar números finais à partida: 3 a 1 para o lado alviverde de Goiás.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO 1×3 GOIÁS

Local: Estádio Olímpico, em Goiânia (GO)
Data: 02 de junho de 2018, sábado
Horário: 16h30 (Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)
Assistentes: Hélcio Araujo Neves (PA) e Heronildo Freitas da Silva (PA)
Cartões amarelos: Rômulo, Fernandes, René e Júlio César (Atlético-GO). Carlos Eduardo, Giovanni, David Duarte e Alex Silva (Goiás)
Cartão vermelho: René (Atlético-GO)
Gols:
ATLÉTICO-GO: Júnior Brandão aos 5 minutos do 1ºT
GOIÁS: Felipe Gedoz aos 16 minutos do 1ºT e Lucão aos 15 e aos 46 minutos do 2ºT

ATLÉTICO-GO: Jefferson; Alisson, Lucas Rocha, René e Mascarenhas; Rômulo, Fernandes (Tomas Bastos) e João Paulo (André Luis); Júlio César, Júnior Brandão e Renato Kayser (William Alves)
Técnico: Cláudio Tencati

GOIÁS: Marcelo Rangel (Marcos); Alex Silva, Edcarlos, David Duarte e Ernandes; Léo Sena (Giovanni), Gilberto Júnior, Lucão e Felipe Gedoz; Carlos Eduardo e Maranhão (Michael)
Técnico: Ney Franco