Futebol/Brasileirão Série B

Figueirense bate Guarani e dá fim à sequência de 4 jogos sem vencer

São Paulo , SP
17/07/2018 23:23:37

Em: Brasileiro Série B, Figueirense, Futebol, Guarani

O Figueirense se recuperou nesta terça-feira após quatro jogos sem vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. Visitando o Guarani no Brinco de Ouro, em Campinas, a equipe comandada por Milton Cruz mostrou desde os primeiros minutos que estava disposta a dar a volta por cima na competição e acabou saindo de campo com o importante triunfo por 3 a 2.

Com o resultado, o Figueira foi aos 25 pontos e assumiu provisoriamente a sexta colocação, se aproximando do grupo dos quatro primeiros times que garantem o acesso à elite do futebol nacional. Depois de um início extremamente positivo, chegando a brigar pela liderança com o Fortaleza, o time catarinense caiu de produção e tenta recuperar o prejuízo antes da virada de turno.

O Guarani, por sua vez, amargou sua quinta derrota na Segundona. O time também tinha a possibilidade de colar no G4 nesta terça-feira, porém, embora tenha feito um bom primeiro tempo, não conseguiu fazer frente ao Figueirense mesmo jogando em casa.

O jogo – O primeiro tempo foi bastante movimentado no Brinco de Ouro da Princesa. Logo aos sete minutos o Figueirense surpreendeu os donos da casa e conseguiu abrir o placar com Henrique Trevisan. O jogador apareceu sozinho dentro da área e cabeceou certeiro, no canto direito do goleiro Oliveira, para estufar as redes e colocar os visitantes em vantagem.

O Guarani, por sua vez, não se abalou e 13 minutos depois chegou ao empate com Rafael Longuine. O ex-jogador do Santos mostrou oportunismo ao aproveitar o rebote do arremate de Willian Oliveira e, com o goleiro Denis já vencido na jogada, mandar uma bomba para deixar tudo igual em Campinas.

Com o confronto bastante aberto, ambas as equipes seguiram criando boas oportunidades de gol, porém, somente aos 29 minutos a bola voltou a entrar. Em jogada trabalhada de forma primorosa, Henan tocou de letra para Gustavo Ferrareis, que decidiu arriscar de fora da área. O meia do Figueirense ainda contou com a falha de Oliveira, que ao tentar fazer a defesa desviou a bola e a viu passar por baixo de seu corpo, morrendo no fundo das redes.

Antes do apito final, o time de Santa Catarina ainda teve a oportunidade de ir para o intervalo com uma vantagem ainda maior no placar, porém, Henan acabou acertando a trave após bom contra-ataque. O castigo veio aos 42, quando Matheus Oliveira recebeu ótimo passe de Kevin e bateu firme no canto direito de Denis para empatar o jogo antes de o Bugre se dirigir para o vestiário.

Segundo tempo

A etapa complementar começou da mesma maneira que o primeiro tempo: com gol. Logo aos 11 minutos, Henan foi às redes para recolocar o Figueirense à frente no placar. Renan Mota deu bom passe em profundidade para seu companheiro, porém, Edson Silva apareceu no meio do caminho para fazer o corte. A bola sobrou para Éverton Alemão afastar o perigo, contudo, o zagueiro do Guarani falhou ao tentar mandar a bola para longe, e o atacante do Figueirense ficou livre para tirar do goleiro e marcar o terceiro tento do time catarinense.

Daí em diante o Figueirense conseguiu neutralizar bem as investidas do Guarani. Tentando se manter no ataque, o time comandado por Milton Cruz evitou as jogadas mais agudas dos donos da casa, que tentavam sair em velocidade, mas esbarravam no bom preenchimento de espaço da defesa catarinense.

Conforme a partida foi se encaminhando ao fim, os jogadores do Guarani acabaram apelando para a malandragem. Aos 33 minutos, Kevin se jogou dentro da área na tentativa de cavar um pênalti, mas o árbitro não foi iludido pela simulação. Pouco depois, jogando bola, o Bugre quase empatou. Rafael Longuine tentou finalizar, mas pegou errado na bola e na sequência rolou para Kevin. Desta vez, o jogador bateu cruzado, mas tirou muito do goleiro, mandando para fora.

FICHA TÉCNICA
GUARANI 2 X 3 FIGUEIRENSE

Local: estádio Brindo de Ouro, em Campinas (SP)
Data: 17 de julho de 2018, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)
Assistentes: Pedro Jorge Santos de Araújo e Rondinelle dos Santos Tavares (ambos de AL)

Gols: Henrique Trevisa, aos sete minutos do 1ºT, Gustavo Ferrareis, aos 29 minutos do 1ºT, e Henan, aos 11 minutos do 2ºT (Figueirense); Rafael Longuine, aos 20 minutos do 1ºT, Matheus Oliveira, aos 42 minutos do 1ºT (Guarani)

Cartões amarelos: Matheus Sales (Figueirense); Matheus Oliveira (Guarani)

GUARANI: Oliveira; Kevin, Éverton Alemão, Edson Silva e Pará; Willian Oliveira (Guilherme), Ricardinho, Denner (Rondinelly), Rafael Longuine e Matheus Oliveira (Marcão); Bruno Mendes
Técnico: Umberto Louzer

FIGUEIRENSE: Denis, Diego Renan, Cleberson, Nogueira e Henrique Trevisan; Zé Antônio, Matheus Sales, Patrick, Renan Mota e Gustavo Ferrareis (Eduardo Bauermann); Henan (André Luis)
Técnico: Milton Cruz