Em jogo de cinco gols, Cruzeiro vence o Guarani e conquista segunda vitória na Série B

São Paulo, SP

11-08-2020 22:27:49

No Brinco de Ouro da Princesa, Guarani e Cruzeiro fizeram um grande jogo pela segunda rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O Bugre até saiu na frente, mas a Raposa virou e venceu o duelo por 3 a 2. Régis, Marcelo Moreno e Léo marcaram para os visitantes, enquanto Waguininho e Didi descontaram para os mandantes.

Apesar de ter vencido os dois jogos que disputou na Série B, o Cruzeiro continua zerado na tabela de classificação. Por conta de uma punição imposta pela Fifa, o time de Enderson Moreira perdeu seis pontos antes do início do torneio.

O Guarani também está com zero ponto. Além da derrota desta terça-feira, a equipe de Thiago Carpini também perdeu para o CSA, por 1 a 0, no sábado.

O Cruzeiro vai voltar aos gramados no domingo, quando vai enfrentar o Figueirense, fora de casa, pela terceira rodada da Série B. Um dia antes, o Guarani vai duelar com o Botafogo-SP, também como visitante.


O jogo - O duelo no Brinco de Ouro foi movimentado desde o apito inicial. O Guarani abriu o placar com apenas dois minutos de partida. Waguininho recebeu de Júnior Todinho na esquerda, ajeitou para a perna direita e acertou o ângulo direito da meta do Cruzeiro, encobrindo Fábio.

A Raposa empatou três minutos depois. Marcelo Moreno recebeu um bom lançamento de Jadsom pela direita e cruzou rasteiro para Régis, que, quase na pequena área, empurrou de primeira para as redes.

Aos 21 minutos, Régis cobrou falta na segunda trave e Giovanni escorou para o meio da área. O zagueiro Cacá, no entanto, chutou por cima do gol e desperdiçou uma chance incrível.

Quando o relógio indicava 27 minutos, Maurício recebeu na esquerda, invadiu a área em velocidade e caiu após contato com Pablo. O árbitro Ivan da Silva Guimarães Junior assinalou pênalti, para a revolta dos jogadores do Guarani. Marcelo Moreno foi o encarregado para a cobrança e, com muita frieza, deslocou Jefferson Paulino e bateu rasteiro no meio do gol.

No segundo tempo, o Guarani se lançou ao ataque em busca do empate. Aos seis minutos, Didi desperdiçou uma grande oportunidade ao finalizar por cima da trave dentro da pequena área. Pouco depois, Fábio defendeu uma boa cobrança de falta de Lucas Crispim.

O Bugre igualou o marcador aos 27 minutos. Após cobrança de falta de Bidu na primeira trave, Bruno Silva desviou e Didi completou para o fundo do gol na segunda trave. Acontece que o empate durou pouco, já que, dois minutos depois, Léo aproveitou a saída errada de Jefferson Paulino, se antecipou e cabeceou para colocar o Cruzeiro em vantagem novamente.

 

FICHA TÉCNICA
GUARANI 2 X 3 CRUZEIRO

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, Campinas (SP)
Data: 11 de agosto de 2020, terça-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Junior
Assistentes: Uesclei Regison Pereira dos Santos e Dimmi Yuri das Chagas Cardoso
Cartões Amarelos: Pablo e Bruno Silva (Guarani); Régis e Marcelo Moreno (Cruzeiro)

GOLS:
GUARANI: Waguininho, aos 2 minutos do 1º tempo, e Didi, aos 27 minutos do 2º tempo
CRUZEIRO: Régis, aos 5 minutos, e Marcelo Moreno, aos 29 minutos do 1º tempo; Léo, aos 29 minutos do 2º tempo

GUARANI: Jefferson Paulino; Pablo, Didi, Bruno Silva e Bidu; Deivid (Eduardo Person), Arthur Rezende (Giovanny) e Lucas Crispim; Bruno Sávio, júnior Todinho (Rafael Costa) e Waguininho
Técnico: Thiago Carpini

CRUZEIRO: Fábio; Cáceres, Cacá, Léo e Giovanni (João Lucas); Jadsom (Welinton), Ariel Cabral, Jean, Régis (Cldudinho) e Maurício (Riquelmo); Marcelo Moreno (Thiago)
Técnico: Enderson Moreira

Deixe seu comentário