Brasileiro Série B

Germano Krüger | 25/5/2019 - 19:0

Botafogo-SP vence o Operário no PR e retoma a liderança da Série B

São Paulo , SP
25/05/2019 20:53:11

Em: Botafogo-SP, Brasileiro Série B, Escolha do editor, Futebol, Operário-PR

O Botafogo-SP se recuperou da derrota para o Vila Nova e manteve o ótimo início de Série B na noite deste sábado, no estádio Germano Kruger, fechando a quinta rodada do torneio. Diante de um bem armado Operário, o time de Ribeirão Preto venceu por 2 a 0, gols de Julio Cesar, ainda no primeiro tempo, e Henan, no segundo, fechando a quinta rodada como líder da competição. Os 12 pontos estão dois acima do Red Bull Bragantino, segundo colocado, enquanto o time de Ponta Grossa-PR fica com quatro, na zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, a equipe paranaense segue na sua cidade para encarar o Sport, em duelo marcado para as 19h15 (de Brasília) da terça-feira. O Botinha, por sua vez, volta para Ribeirão Preto, local do embate frente ao Criciúma, no próximo sábado, às 16h30 (de Brasília).

Jogo foi disputado no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (Foto: Jonathan Molodowiski/OFEC)

Bom jogo, Botafogo oportunista

O primeiro tempo teve um começo de amplo domínio dos donos da casa, pressionando a saída de bola e forçando erros da defesa botafoguense. Em duas oportunidades, uma com Schumacher e outra com Rafael Chorão, os anfitriões só não abriram o placar porque seus atletas foram travados na hora do chute. Os paulistas, em um misto de sorte e competência, passaram ilesos por essa blitz.

Aos 30 minutos, porém, o lance mais polêmico. Depois de cobrança de escanteio, Rafael Costa ganhou disputa com Chicão e cabeceou forte, quase se abaixando, sem chances para Simão. O árbitro Ivan da Silva, do Amazonas, porém, marcou falta do atleta botafoguense na disputa pelo espaço, para revolta dos visitantes. Quem pareceu puxado pelo adversário, no entanto, foi o próprio Rafael.

Os paulistas, no entanto, se refizeram da revolta com o tento não marcado e, em chutão para o ataque, abriram o placar ainda antes do intervalo. Alisson foi driblado pelo quique da bola e viu Julio Cesar tocar na saída de Simão para fazer 1 a 0.

A etapa final fez o Operário retomar a pressão. Em dez minutos, foram três chances de gol para os donos da casa, com Schumacher, Felipe e Jean Carlo. O último foi o que teve a melhor oportunidade, mas acabou mandando à esquerda de Darley. Pouco depois veio a resposta do Bota, com Julio Cesar recebendo na área e mandando no travessão.

Bota venceu mais uma na Série B (Foto: Luis Cosenzo/Agência Botafogo)

Bem no jogo, o Bota conseguiu controlar as ações do adversário a partir dali e segurou sua vantagem até o encerramento da partida. Henan, puxando contra-ataques, chegou perto de ampliar algumas vezes e foi recompensado já perto do fim, quando pegou rebote de bola na trave e chutou no canto direito de Simão, que nem se mexeu.

FICHA TÉCNICA
OPERÁRIO 0 X 2 BOTAFOGO-SP

Local: Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR)
Data: 25 de maio de 2019, sábado
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Junior (AM)
Assistentes: Uesclei Regison Pereira dos Santos e Marcos Santos Vieira (ambos do AM)
Público: 4.888 presentes
Cartões amarelos: Felipe Augusto (Operário); Rafael Costa, Jonata Machado (Botafogo-SP)
Gols:
BOTAFOGO-SP: Julio Cesar, aos 38 minutos do primeiro, e Henan, aos 42 minutos do segundo tempo

OPERÁRIO: Simão; Mailton (Bruno Batata), Alisson, Juan Sosa e Allan Vieira; Chicão, Felipe Augusto e Marcelo; Rafael Chorão (Uilliam), Revson (Jean Carlo) e Schumacher
Técnico: Gerson Gusmão

BOTAFOGO-SP: Darley; Lucas, Luiz Otávio, Leandro Amaro e Pará; William Oliveira, Marlon Freitas e Jonata Machado (Higor Meritão); Murilo, Julio Cesar (Bruno José) e Rafael Costa (Henan)
Técnico: Roberto Cavalo

Ads – Rodapé Posts




Escalação
Operário-PR

Simão


Maílton de Sá


Alisson Santana


Juan Sosa


Allan Vieira


Revson


Chicão


Felipe Augusto


Rafael Chorão


Marcelo


Schumacher


Jean Carlo


Uilliam


Bruno Batata


Tec - Gerson Gusmão
Botafogo-SP

Darley Torres


Lucas


Luiz Otávio


Leandro Amaro


Pará


Jonata Machado


Willian Oliveira


Marlon Freitas


Murilo Henrique


Júlio César


Rafael Costa


Henan


Higor Meritão


Bruno José


Roberto Cavalo - Tec

Posse de bola

68%
32%
Corinthians
Santos
999
Corinthians

Passe

999
Santos
999
Corinthians

Finalização

999
Santos
999
Corinthians

Cruzamento

999
Santos
999
Corinthians

Desarme

999
Santos

Faltas

24
COR
×
15
SAN

Impedimentos

24
COR
×
15
SAN

Cartões amarelos

24
COR
×
15
SAN

Cartões vermelhos

24
COR
×
15
SAN

Estatísticas de jogadores

Corinthians

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner

Santos

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
Estatísticas de jogadores