Futebol/Campeonato Brasileiro Série B

Boa Esporte vence, e Goiás perde chance de encostar no líder

São Paulo , SP
07/09/2018 17:53:29 — 07/09/2018 18:02:07

Em: Boa Esporte, Brasileiro Série B, Futebol, Goiás, Notícias
Manoel comemorou gol com companheiros do Boa Esporte após várias oportunidades perdidas (Foto: Reprodução TV)

A partida entre Boa Esporte e Goiás nesta sexta-feira abriu mais um capítulo emocionante na Série B do Campeonato Brasileiro, no estádio do Melão, em Varginha. Diante da derrota por 1 a 0, os comandados de Ney Franco perderam a oportunidade de ocupar a vice-liderança, mesmo que temporariamente, já que aguarda os duelos do sábado. Por outro lado, o Boa conquistou um ótimo resultado e chega aos 24 pontos.

Mesmo com os momentos diferentes das equipes na competição, um no G4 e outro na zona de rebaixamento, foi o Boa Esporte quem teve as melhores chances durante a primeira etapa, as duas principais com a dupla Bruno Tubarão e Douglas Baggio. Na volta para o segundo tempo, novamente os donos da casa começaram melhor, mas o Goiás aumentou a movimentação e pressionou. Ainda assim não foi o bastante, e Manoel abriu o placar aos 39 minutos em Minas Gerais.

Na próxima rodada, o Boa Esporte continua jogando no Estádio do Melão, dessa vez contra o Paysandu, às 16h30 (de Brasília), do sábado (15). Já o Goiás fará clássico contra o Atlético-GO no Estádio Olímpico também no dia 15, mas às 19h (de Brasília).

O jogo

Os visitantes tiveram uma chance logo aos três minutos da partida. Michael fez grande jogada individual pela ponta esquerda, passou por dois marcadores e finalizou para fora. A resposta veio aos oito após contra-ataque iniciado por Bruno Tubarão, que deu bom passe para Douglas Baggio chutar para fora. Em seguida, em mais um bom lance de Tubarão, novamente Baggio finalizou por cima do gol, de forma inacreditável.

Passados os momentos iniciais de euforia, O Goiás manteve maior posse de bola e tentou encontrar espaços, enquanto o Boa se fechou. Quem chegou mais perto de abrir o marcador foram os donos da casa, de falta cobrada por Rodrigão, em chute de longa distância, aos 36 minutos.

Na volta para a segunda etapa, o esmeraldino não conseguiu se encontrar e mais uma vez a primeira chance foi do Boa, de novo com Rodrigão, aos 12 minutos, de cabeça. A partida ficou mais faltosa e, portanto, truncada, sem grandes oportunidades até os 20 minutos.

O Goiás, então, resolveu ir para cima. Maranhão, que entrou no lugar de Felipe Garcia, chutou cruzado após contra-ataque, mas Fabrício fez a defesa. Em seguida, aos 25, Ernandes acionou Edcarlos, que soltou uma bomba, e o arqueiro mais uma vez foi providencial e evitou o gol. O esmeraldino seguiu tentando, com Viçosa e depois David Duarte tirou tinta da trave em cabeçada.

A resposta veio com golaço de Manoel, que havia acabado de entrar na vaga de Daniel Cruz, em bomba de fora da área. Instantes antes os jogadores do Goiás pediram pênalti após bola bater no braço de Jadson.

FICHA TÉCNICA
BOA ESPORTE 1 X 0 GOIÁS

Local: Estádio do Melão, em Varginha (MG)
Data: 
7 de setembro de 2018 (sexta-feira)
Horário: 
16 horas (de Brasília) 
Árbitro: 
Wagner Reway (MT)
Assistentes: 
Fabio Rodrigo Rubinho e  Marcelo Grando (MT)
Cartões amarelos:
 Djavan, Jadson e Rafael Jensen (Boa Esporte), Renato Cajá e Felipe Garcia (Goiás)
Gols: BOA ESPORTE: Manoel

BOA ESPORTE: Fabrício; Helder, Rodrigo, Rafael Jensen, Jadson; Djavan, Cloves (Alyson), Daniel Cruz (Manoel), Bruno Tubarão, Kaio Christian (Willian Barbio); Douglas Baggio.
Técnico: Ney da Matta

GOIÁS: Marcos; Alex Silva, Victor Ramos (Edcarlos), David Duarte e Ernandes; Gilberto, João Afonso e Renato Cajá (Felipe Gedoz); Felipe Garcia (Maranhão), Michael e Júnior Viçosa.
Técnico: Ney Franco