Gazeta Esportiva

Vitória sobre o Galo vira modelo para Grêmio diante do Corinthians

Do correspondente Vicente Fonseca - Porto Alegre,RS

07/09/15 | 10:11 - 07/09/15 | 13:47

Técnico do Grêmio leva vitória em BH como exemplo para arrancar pontos do líder em SP (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)
Roger leva vitória em BH como exemplo para arrancar pontos do líder em SP (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

O Grêmio está ciente das enormes dificuldades que enfrentará na Arena Corinthians nesta quarta-feira. Porém, tem um modelo de sucesso a seguir para sair com um resultado positivo de Itaquera: a vitória conquistada sobre o Atlético-MG, no Mineirão, no dia 13 de agosto. É tendo aquele jogo em mente que o técnico Roger Machado pretende trabalhar sua equipe para superar o Timão e encostar de vez na briga pelo título brasileiro.

“Temos que ser decisivos. Precisamos de organização e concentração o tempo todo, como naquele jogo contra o Atlético-MG”, disse o técnico, após a vitória de virada sobre o Goiás. Naquela partida, o Tricolor sofreu forte pressão do Galo, mas venceu por 2 a 0 em dois contra-ataques mortais. “Precisamos nos defender bem, sem nos submetermos ao sistema defensivo, sabendo que para construir uma vitória precisamos ser cirúrgicos. Não vamos ter alguns jogadores, então precisaremos ser quase perfeitos”, completou.

A vitória sobre o Goiás, embora sofrida, teve atuação coletiva comemorada por Roger. O fato de a equipe não ter deixado de pensar coletivamente, mesmo nos momentos mais complicados, foi destacado pelo técnico. “Numa situação como aquela, é normal os jogadores pensar que individualmente têm a fórmula para resolver. Aí, deixa de ser um jogo coletivo. O mais importante é o lastro do treino, e eles saberem que não precisam sair desse modelo. Temos que ter paciência para utilizarmos os nossos princípios”, indicou o técnico.

Nesta quarta, o time gaúcho não poderá contar os convocados Marcelo Grohe, Luan e Erazo. Por outro lado, Fernandinho, Edinho, Galhardo e Pedro Rocha devem voltar a ficar à disposição. Com a vitória deste domingo, o Grêmio diminuiu a distância para o Corinthians de oito para seis pontos.

Com 44 pontos, o Tricolor vê os paulistas com 50, e o Galo em 2º lugar, com 45. Uma vitória em São Paulo diminuiria esta distância até a ponta para apenas três. A virada sobre o Goiás representou a sétima partida sem derrota da equipe de Roger no Brasileirão 2015.

Deixe seu comentário