Gazeta Esportiva

Vina é expulso, Ceará cede empate ao Goiás no fim e chega a quatro jogos sem vitória no Brasileiro

São Paulo, SP

05/10/22 | 21:02 - 05/10/22 | 22:08

Pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Ceará recebeu o Goiás na noite desta quarta-feira, na Arena Castelão, em Fortaleza (CE), e empatou por 1 a 1. O colombiano Mendoza abriu o placar, mas Nicolas deixou tudo igual já nos acréscimos.

Assim, o Vozão amarga a quarta partida seguida sem vitória na competição - três derrotas e um empate. Com isso, se complica na briga contra o rebaixamento. Agora, figura na 15ª posição, com 32 pontos ganhos. No entanto, o Coritiba, 16º colocado, tem dois jogos a menos.

Do mesmo modo, o Esmeraldino chega ao quinto jogo sem vitória na competição - três empates e duas derrota -, mas assume a 11ª colocação, com 38 pontos somados. Entretanto, pode cair até o 14º lugar ao final da rodada.

Pela próxima jornada, portanto, o Ceará visita o Atlético-MG, às 18 horas (de Brasília) de domingo, no Mineirão. Um pouco mais cedo, o Goiás visita o Internacional, a partir das 11 horas, no Beira-Rio.

O duelo entre Ceará e Goiás

Mesmo longe de seus domínios, o Goiás não se intimidou e partiu para o ataque. Assim, levou perigo duas vezes praticamente consecutivas. Primeiro, aos nove minutos, Sávio cobrou falta venenosa, mas João Ricardo defendeu. Dois minutos depois, Lucas Halter aproveitou cobrança de falta na área e ganhou de cabeça, mas errou o alvo.

A reposta do Ceará aconteceu aos 14 do primeiro tempo. Após cruzamento da esquerda, Guilherme Castilho cabeceou, entretanto, também parou no goleiro. Tadeu fez boa defesa para evitar gol. Quatro minutos mais tarde, foi a vez de Jô testar forte na área do Goiás. Tadeu fez nova grande defesa e impediu que o Vozão tirasse o zero do placar.

Aos 30, os donos da casa assustaram de novo. Guilherme Castilho pegou rebote na entrada da área e mandou uma bomba, que explodiu no travessão de Tadeu.

Gols apenas na segunda etapa

O ímpeto cearense foi recompensado apenas na volta do intervalo. Logo no primeiro minuto da etapa final, Diego tentou cortar passe para Vina dentro da área e a bola sobrou para Mendoza, que bateu para o gol vazio e abriu o marcador para o Ceará.

No entanto, quando o Vozão parecia controlar a partida, Mendoza caiu sentindo muitas dores por um pisão de Maguinho aos dez minutos. Vina reclamou bastante e, aos 14, recebeu cartão amarelo. O VAR analisou o lance, mas não considerou lance para expulsão. Após a decisão, o meia do Ceará continuou se queixando com a arbitragem e, um minuto depois, recebeu o segundo amarelo. Dessa forma, foi expulso e deixou o time com dez em campo.

A partir daí, o Goiás tomou conta do jogo. Aos 20, Vinícius limpou a marcação e bateu, mas João Ricardo espalmou. Depois, aos 23, Hugo chegou à linha de fundo e cruzou. Pedro Raul quase marcou e, no rebote, Nicolas também não conseguiu balançar as redes.

Por fim, o esforço esmeraldino foi recompensado já nos acréscimos da partida. Fellipe Bastos arriscou chute de longe, a bola saiu sem força, mas acabou chegando nos pés de Nicolas, que bateu na saída do goleiro João Ricardo e deixou tudo igual no Castelão.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 1 X 1 GOIÁS

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 5 de outubro de 2022, quarta-feira
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Leila Naiara Moreira da Cruz (DF-FIFA)
VAR: Rodrigo D'Alonso Ferreira (SC)
Cartões amarelos: Gabriel Lacerda, Richardson, Vina (2x), Mendoza (Ceará); Diego, Hugo, Luan Dias (Goiás)
Cartão vermelho: Vina (Ceará)
Gols
CEARÁ: Mendoza (1' 2ºT)
GOIÁS: Nicolas (47' 2ºT)

CEARÁ: João Ricardo; Lucas Ribeiro (David Ricardo), Luiz Otávio, Gabriel Lacerda; Nino Paraíba, Richardson (Fernando Sobral), Guilherme Castilho (Geovane), Vina e Victor Luís; Mendoza (Lima) e Jô (Zé Roberto)
Técnico: Lucho González

GOIÁS: Tadeu; Maguinho, Lucas Halter, Reynaldo e Sávio (Hugo); Auremir, Diego (Nicolas) e Marquinhos Gabriel (Luan Dias); Vinícius (Fellipe Bastos), Pedro Raul e Dadá Belmonte (Pedro Junqueira)
Técnico: Jair Ventura

Deixe seu comentário