Brasileiro Série A

Hailé Pinheiro | 4/10/2020 - 18:15

Santos leva susto no fim, mas vence o Goiás em jogo polêmico na Serrinha

São Paulo , SP
04/10/2020 20:18:27

Em: Brasileiro Série A, Escolha do editor, Futebol, Gazeta Press, Goiás, Notícias, Santos

O Santos venceu o Goiás por 3 a 2 neste domingo, na Serrinha, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, em jogo polêmico e com emoção até o fim.

Os gols do Peixe foram de Marinho, Jefferson (contra) e Marcos Leonardo. O Esmeraldino marcou com os atacantes Vinícius e Victor Andrade. O Menino da Vila diminuiu aos 39 minutos do segundo tempo e teve gol anulado nos acréscimos.

No primeiro tempo, o Santos teve um pênalti marcado e convertido por Marinho com auxílio do VAR. Na sequência, porém, Sandro tocou com o braço e a penalidade não foi assinalada. E ainda na etapa inicial, Arthur Gomes foi expulso. O atacante saiu de campo chorando.

Nos 45 minutos finais, o Peixe virou com o gol contra de Jefferson e, logo depois, viu David Duarte receber o segundo amarelo e também ser expulso. E quando a vitória parecia certa, o Goiás diminuiu e só não empatou porque o juiz viu impedimento de Rafael Moura no início do lance que terminaria no segundo gol de Victor Andrade.

Com a vitória, o Santos é o sexto colocado no Brasileirão, com 20 pontos. O Goiás segue na lanterna, com nove (e três partidas a menos).

O Peixe voltará a campo para o clássico contra o Corinthians na quarta-feira, na Neo Química Arena. No mesmo dia, o Goiás receberá o Fluminense, na Serrinha.

O JOGO

O Goiás abriu o placar logo aos cinco minutos, quando Keko recebeu lançamento pela direita e cruzou para Vinícius marcar. Felipe Jonatan e Alison “dormiram” na marcação.

No minuto 15, o primeiro de vários lances polêmicos do árbitro Marielson Alves Silva. Lucas Braga recebeu de Jobson na área e foi deslocado por David Duarte. Pênalti confirmado com auxílio do VAR e Marinho converteu. 1 a 1.

Quando o placar marcava 22 jogados, Sandro aproveitou bola rebatida e chutou cruzado com a canhota. Passou bem perto da trave esquerda de João Paulo…

Aos 27, outra polêmica. Marinho cobrou escanteio e Sandro tocou com o braço. O juiz reviu o lance e mandou seguir. E no minuto 32, o lance mais controverso.

Arthur Gomes acertou o rosto de Edilson ao tentar girar sob a marcação e levou cartão amarelo. O árbitro foi até o vídeo e expulsou o atacante, que saiu de campo chorando.

SEGUNDO TEMPO

O Goiás voltou para a etapa final com a posse de bola e à procura de espaços na defesa do Santos. Mas foi o Peixe quem criou primeiro.

Aos oito minutos, Marinho cruzou e Kaio Jorge bateu em cima da defesa. Segundos depois, Kaio achou Pará, que tentou cruzar. A bola bateu em Jefferson e entrou. Virada com um a menos para o Alvinegro.

E no minuto 13, a situação do Santos ficou mais tranquila. David Duarte levou o segundo cartão amarelo e também foi expulso em Goiânia.

Com 10 contra 10, o Santos se sobressaiu tecnicamente e ampliou no minuto 31, quando Madson cruzou para o primeiro gol como profissional de Marcos Leonardo.

Só que quando o placar marcava 39 jogados, pintou a “Lei do Ex”. Victor Andrade, revelado pelo Santos, dominou na esquerda e bateu bonito para diminuir. Ele não comemorou.

E nos acréscimos, aos 45 minutos, Victor acertou bonito chute de fora da área e empatou. A arbitragem, porém, reviu o lance e assinalou impedimento de Rafael Moura no início da jogada.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 2 X 3 SANTOS

Data: 4 de setembro (domingo)
Horário: 18h15 (de Brasília)
Estádio: Serrinha, em Goiânia-GO
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Auxiliares: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Jucimar dos Santos Dias (BA)
VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Cartões amarelos: GOIÁS: David Duarte, Sandro, Daniel Bessa e Victor Andrade. SANTOS: Cuca, Pará e Marcos Leonardo
Cartões vermelhos: GOIÁS: David Duarte. SANTOS: Arthur Gomes

GOLS:
Goiás: Vinícius, aos 5 minutos do 1T; Victor Andrade, aos 39 minutos do 2T;
Santos: Marinho, aos 18 minutos do 1T, e Jefferson (contra) e Marcos Leonardo, aos 9 e 31 minutos do 2T.

GOIÁS: Tadeu; Edílson (Yago Rocha), David Duarte, Fábio Sanches e Jefferson (Caju); Breno, Sandro (Daniel Oliveira) e Daniel Bessa (Mike); Vinícius, Keko (Victor Andrade) e Rafael Moura
Técnico: Enderson Moreira

SANTOS: João Paulo, Pará, Alison, Luan Peres e Felipe Jonatan (Wagner Leonardo); Diego Pituca, Jobson, Arthur Gomes e Marinho (Marcos Leonardo); Lucas Braga (Jean Mota) e Kaio Jorge (Madson)
Técnico: Cuca

Ads – Rodapé Posts




Posse de bola

68%
32%
Corinthians
Santos
999
Corinthians

Passe

999
Santos
999
Corinthians

Finalização

999
Santos
999
Corinthians

Cruzamento

999
Santos
999
Corinthians

Desarme

999
Santos

Faltas

24
COR
×
15
SAN

Impedimentos

24
COR
×
15
SAN

Cartões amarelos

24
COR
×
15
SAN

Cartões vermelhos

24
COR
×
15
SAN

Estatísticas de jogadores

Corinthians

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner

Santos

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
Estatísticas de jogadores