Futebol/Campeonato Brasileiro

Renato fala sobre Bolaños: “Novela mexicana não me serve”

Do correspondente Eduardo Bertuol - Porto Alegre, RS
22/08/2017 15:21:33

Em: Brasileiro Série A, Futebol, Grêmio, Notícias

Depois do presidente gremista falar sobre a situação do meia-atacante Miller Bolaños no Grêmio, o técnico Renato Portaluppi se posicionou sobre o momento vivido pelo atleta no clube gaúcho.

Bolaños estaria com problemas particulares e por isso pediu a Renato para não ser relacionado para o confronto contra o Atlético-PR, no domingo passado, pelo Campeonato Brasileiro. Durante entrevista coletiva concedida após o treino da manhã desta terça-feira, o treinador se mostrou cansado de ir atrás do jogador equatoriano. O comandante gremista destacou que respeita o momento difícil vivido pelo atleta, mas aguarda uma resposta dele.

“Novela mexicana não me serve. O Bolaños eu já falei o problema, é a cabeça. Quem tem que dar resposta para a gente é o Bolaños. Eu não vou ficar aqui me desgastando toda hora. Ele está com um problema de cabeça e resolvendo alguns problemas. Quando ele achar que está bom da cabeça e quiser ajudar o grupo e o Grêmio, ele vai ficar a disposição. Essa resposta quem vai dar é ele”, afirmou.

Técnico do Grêmio falou sobre situação de Bolaños na equipe gaúcha (Foto: Lucas Uebel/GFBPA)

“Eu não vou ficar aqui todo o dia passando a mão na cabeça, dando mamadeira, escovando os dentes, dando iogurte na boca”, ressaltou. “Eu recupero qualquer jogador, desde que ele queira. Então, vamos respeitar os problemas particulares do Bolaños e a hora que ele achar que está pronto para nos ajudar, daí quem tem que me procurar é ele. Eu já procurei ele duas, três vezes. Ele achou que não tava bem da cabeça e respeitei. Mas cabe a ele dar resposta não só para mim, mas para o clube”, concluiu.

Miller Bolaños foi contratado em fevereiro de 2016 e custou cerca de 20 milhões de reais para os cofres gremistas. No segundo jogo do jogador, Bolaños fraturou o queixo em uma disputa com o lateral William, do Internacional, em um Gre-Nal, e ficou boa parte da temporada sem atuar.