Campeonato Brasileiro

Gallo se diz motivado e coloca como objetivo deixar zona de rebaixamento

São Paulo , SP
05/06/2017 19:16:38

Em: Brasileiro Série A, Vitória

O Vitória apresentou o seu novo treinador nesta segunda-feira. Alexandre Gallo, que foi anunciado no final de semana, assume o time baiano após quatro rodadas e apenas um ponto conquistado no Campeonato Brasileiro. Durante a entrevista coletiva, o técnico se mostrou animado para voltar a trabalhar.

“Traz um gás novo, estou vindo aqui com uma vontade gigantesca de trabalhar. Tenho que ser o melhor Alexandre Gallo de todos os tempos. Vamos fazer tudo o possível para que o Vitória volte a crescer o mais rápido possível”.

“Sem dúvidas a motivação veio primeiro em voltar a dirigir uma grande equipe. Uma equipe centenária com uma camisa importante no cenário nacional. Outra coisa é voltar a trabalhar com Petkovic, que foi meu atleta. Trabalhamos em 2008, ele reconheceu o trabalho que foi feito, isso é motivo de honra e orgulho estar aqui”, completou.

Gallo comandou a seleção de base entre 2013 e 2015 (Foto: Vitória/Divulgação)

Além disso, o comandante de 50 anos falou sobre os objetivos de Leão da Barra para a temporada. Segundo ele, o primeiro passo é sair da parte de baixo da tabela do Campeonato Brasileiro.

“Quando você trabalha em um grande clube, com uma torcida como a Vitória, você tem que pensar grande. Dar um primeiro passo, que é sair dessa zona de desconforto. O legado do Vitória vai continuar para sempre, o que a gente quer é qualificar essa equipe e poder fazer um bom trabalho”.

Alexandre Gallo, que já comandou as seleções de base do Brasil, também falou sobre o que fez durante o período em que esteve desempregado. No ano passado, ele treinou o Náutico entre o final de abril e o começo de setembro.

“Saí do Náutico e fui para os Estados Unidos. Voltei para o Brasil em dezembro, para fazer um curso na CBF, e retornei para os Estados Unidos. Depois estive na Europa. Fui para a Inglaterra e a Espanha, assisti alguns jogos, conheci como as coisas funcionam por lá. Vi muitos jogos no Brasil também. Quando você sai do olho do furacão, tem a capacidade de analisar de uma outra forma a postura de atletas, entrevistas, conhecer atletas novos”, comentou.




  • *O/*FIEL* e’nois*

    O vitória não teve nenhuma ganha, mas contra a bambinaaada no BAMBINAO, vai dar VITÓRIA*_* kkkkkkkkkkkkkkk