Brasileiro Série A

Maracanã | 12/08/2018

Flamengo busca recuperação em reencontro com o Cruzeiro

Gazeta Press e Marcellus Madureira
12/08/2018 09:34:30

Em: Bastidores, Brasileiro Série A, Campeonatos, Cruzeiro, Flamengo
Cruzeiro e Flamengo se reencontram, desta vez pelo Campeonato Brasileiro (Foto: Cruzeiro)

Quatro dias depois de terem duelado no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pelo confronto de ida das oitavas de final da Copa Libertadores, Flamengo e Cruzeiro se reencontram neste domingo, às 16h(de Brasília), no mesmo palco, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

No meio de semana os mineiros levaram a melhor e ganharam por 2 a 0. Porém, no Brasileirão os flamenguistas fazem melhor campanha e aparecem na segunda colocação com 34 pontos, um a menos que o líder São Paulo. Já a Raposa figura na oitava colocação, com 25 pontos.

Os dois treinadores, Maurício Barbieri do Flamengo e Mano Menezes no Cruzeiro, vivem o constante dilema de preservar jogadores, pois além do Brasileirão e da Copa Libertadores, as equipes estão na Copa do Brasil, que tem a rodada de volta das quartas de final no meio da próxima semana. O comandante do Rubro-Negro, porém, garante que todos os jogos são importantes no Ninho do Urubu.

“O nosso pensamento nunca foi o de priorizar, pois o Flamengo sempre entra em campo pensando em ganhar seus jogos e brigar pelos títulos que vai disputar. O nosso pensamento é o de chegar bem nas três competições. A pressão porém é grande no clube. A derrota para o Cruzeiro no meio de semana deixou a situação na Copa Libertadores bem delicada e aconteceu dias depois da perda da liderança no Brasileiro, que veio com uma derrota de 2 a 0 para os reservas do Grêmio no Rio Grande do Sul. O Flamengo tem sempre que levantar a cabeça quando essas coisas acontecem e mirar o próximo jogo”, disse Barbieri.

Já Mano Menezes não tem o mesmo pudor quando o assunto é deixar bem claro que o Brasileirão é a terceira opção no planejamento da Raposa. Ele vai preservar os seus titulares no duelo deste domingo. “O desgaste vai sempre aparecer para quem tem uma série de compromissos importantes, como é o caso do Cruzeiro. Muita gente queria chegar onde chegamos e todos que estão ao nosso lado querem avançar”, disse Mano.

Em termos de escalação o Flamengo terá mudanças. O lateral-esquerdo Renê e o volante colombiano Gustavo Cuéllar, ambos suspensos por acúmulo de cartões amarelos, ficam de fora. A ausência do colombiano pode definir a estreia do último reforço do clube, o paraguaio Piris da Motta. Mesmo ainda sem muito entrosamento com os companheiros, o jogador é mais cotado do que Rômulo para ocupar a posição.

“Ele tem um poder de marcação forte e boa saída de bola. Se for a escolha do Mauricio Barbieri, vai ajudar bastante. Assim como o Cuéllar sempre ajuda. Tem confiança do grupo e do treinador”, disse nesta sexta-feira o zagueiro Réver.

Quem retorna é o meia Lucas Paquetá, que cumpriu suspensão contra a própria Raposa pela Copa Libertadores. É possível que Barbieri faça alguns testes na equipe. Mal contra o Cruzeiro, o lateral-direito Rodinei pode ser barrado para a entrada de Pará. Outro que pode perder posição para a entrada de Vitinho é o colombiano Marlos Moreno, de atuação apagada no meio de semana.

No Cruzeiro, depois de cumprir suspensão no meio de semana pela Libertadores, o volante Lucas Romero, com dores na panturrilha esquerda, não viajou para encontrar a delegação no Rio de Janeiro, assim como Bruno Silva, que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo no Brasileiro. Sem boa parte dos titulares, Mano fará mais observações neste compromisso. O goleiro Vitor Eudes foi chamado para a concentração, pois Fábio será poupado. O lateral Patric Brey também viajou para o Rio de Janeiro.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO-RJ X CRUZEIRO-MG

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 12 de agosto de 2018 (Domingo)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)
Assistentes: Helcio Araujo Neves (PA) e Heronildo Freitas da Silva (PA)

FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Léo Duarte, Thuler e Miguel Trauco; Piris (Rômulo), Lucas Paquetá, Diego, Everton Ribeiro e Vitinho; Fernando Uribe
Técnico: Maurício Barbieri

CRUZEIRO: Rafael, Ezequiel, Manoel, Murilo e Marcelo Hermes; Henrique (Lucas Silva), Ariel Cabral, Rafinha e Federico Mancuello; David e Raniel
Técnico: Mano Menezes