Esperança para Cruzeiro: Ceará ganhou menos de 15% dos pontos como visitante

São Paulo , SP
06/12/2019 07:59:11

Em: Brasileiro Série A, Ceará, Cruzeiro, Futebol, Notícias
Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

O desespero toma conta do Cruzeiro para a última rodada do Campeonato Brasileiro. Para escapar do rebaixamento, o time mineiro precisa vencer o Palmeiras e torcer por uma derrota do Ceará diante do Botafogo, na capital carioca. Os dois jogos serão simultâneos no domingo, a partir das 16 horas, e um detalhe pode animar os mineiros na complicada missão.

A campanha do Ceará fora de casa é a segunda pior do Campeonato Brasileiro, melhor apenas que o lanterna Avaí. Em 18 jogos, o time nordestino tem duas vitórias, dois empates e 14 derrotas como visitante, ou seja, oito pontos e 14,81% de aproveitamento.

Segundo o matemático Tristão Garcia, o Cruzeiro está com 80% de chances de rebaixamento do Brasileirão, contra apenas 20% do Ceará, Os outros três que vão disputar a Série B em 2020 já estão definidos antes da última rodada: Avaí, Chapecoense e CSA.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com




  • 7×1 eterno – Fiel Montreal

    #MariasNaSegunda

  • Paulo

    Espero que o Ceará jogue pensando em vencer pra não ficar dependendo somente de empate. Só depende exclusivamente dele mesmo pra escapar. Se não escapar pode descer e ficar na segundona pelo resto da vida.

  • Chico Guru

    O Ceará PODE até perder para o Botafogo, o DIFÍCIL vai ser o Cruzeiro GANHAR do Palmeiras

  • Gleidson Closterman

    O Ceará tem que ficar MUITO alerta. Um “time” que valoriza mais dinheiro do que história e conquistas, tem por costume desvalorizar os títulos que os outros conquistaram, é arrogante e sem a menor ética em aliciar o técnico de um time que ainda está disputando algo com ele, se julga o melhor disso, o maior daquilo sem nunca ter sido, pode muito bem aceitar um “incentivo” das marias para não deixar o “co irmão” cair.
    Afinal, isso envolveria dignidade, esportividade e respeito acima de dinheiro, o que não é o forte desse “time”.