Futebol/Campeonato Brasileiro

Depois da pausa, Santos encara o Bahia no retorno do Campeonato Brasileiro

São Paulo , SP
13/07/2019 09:28:56

Em: Bahia, Brasileiro Série A, Futebol, Notícias, Santos
Santos ocupa o segundo lugar na tabela do Campeonato Brasileiro (Foto: Ivan Storti/SFC)

O Santos volta a campo neste sábado, às 19h (de Brasília), quando visita o Bahia no Pituaçu. A partida válida pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, marca a volta do Peixe aos gramados depois de 30 dias de pausa no calendário, por conta da Copa América. Já o Esquadrão de Aço vem do empate contra o Grêmio, no meio de semana, pela Copa do Brasil.

Durante a intertemporada, o técnico Jorge Sampaoli trabalhou duro com os atletas para que o bom futebol apresentado no primeiro semestre se mantenha. Durante o período, todas as atividades foram fechadas para a imprensa, e o grupo ainda realizou dois jogos-treinos. Uma vitória sobre o São Bento por 3 a 1, e um empate com a Ponte Preta em 1 a 1.

O lateral-esquerdo Jorge falou sobre a ansiedade de voltar a campo depois da intertemporada. O jogador ainda ressaltou a qualidade do Bahia, comandado pelo técnico Roger Machado.

“A expectativa de voltar a disputar jogos por essa importante competição é muito grande. Esperamos entrar neste jogo de sábado com a concentração lá em cima. Sabemos da qualidade da equipe do Bahia. Mas estamos focados e, se Deus quiser, sairemos com os três pontos”.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Para o duelo deste sábado, Sampaoli não contará com dois jogadores para o meio-campo. O volante Jobson atuou contra o próprio Bahia na última quinta-feira e sofreu uma pancada no tornozelo. Apesar dos exames não detectarem fratura, o jogador não viajou para Salvador. Outro desfalque é o meia Cueva, que disputou a final da Copa América pelo Peru e ganhou alguns dias de folga depois da competição.

Por outro lado, o Peixe terá uma novidade entre os relacionados para a partida. Contratado no último mês, Evandro está entre os inscritos pela primeira vez e pode fazer a sua estreia. O meia deve começar no banco de reservas, mas fica à disposição para entrar no decorrer do jogo. Sampaoli ainda relacionou dois garotos da base. Allanzinho, de 19 anos, e Ivonei Jr., de 17, também ficam como opções entre os reservas.

Ezequiel deve entrar na vaga de Nino Paraíba, que sofreu entorse no tornozelo contra o Grêmio (Foto: Felipe Oliveira/ECB)

Pelo Tricolor Baiano, Roger Machado e seus comandados entram em campo pela segunda vez depois da pausa no calendário. A equipe atuou, na última quarta-feira, contra o Grêmio na Copa do Brasil e arrancou um bom empate em 1 a 1. A tendência é que o treinador repita a formação da última partida, exceto pela ausência de Nino Paraíba.

Contra o Grêmio, o lateral-direito sofreu um entorse no tornozelo esquerdo e foi vetado pelo departamento médico. O seu substituto deve ser Ezequiel, que se recuperou de lesão durante a intertemporada e já está a disposição de Roger Machado.

Além de buscar a melhora dentro de campo, o Bahia aproveitou a parada no calendário para reforçar o seu elenco com contratações. Só durante este período, o clube anunciou as chegadas dos zagueiros Juninho, Wanderson e Marllon, além do meia Guerra. Há também o volante Ronaldo e o atacante Lucca, que já realizaram exames médicos e treinam com o grupo, mas não foram anunciados pelo Esquadrão.

O Santos é o 2º colocado na tabela do Campeonato Brasileiro com 20 pontos, cinco a menos em relação ao líder Palmeiras. Já o Bahia aparece em oitavo, com 14 pontos. Uma vitória pode colocar o Esquadrão de Aço no G-6 da competição. São 62 jogos entre os dois clubes até aqui, com 30 vitórias santistas, 19 vitórias tricolores e 13 empates.

FICHA TÉCNICA
Bahia x Santos

Data: 13 de julho de 2019
Local: Estádio de Pituaçu, em Salvador (BA)
Horário: 19h00 (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: Jose Eduardo Calza (RS) e Michael Stanislau (RS)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

SANTOS: Everson, Victor Ferraz, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique e Jorge; Alisson, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Marinho, Eduardo Sasha e Uribe
Técnico: Jorge Sampaoli

BAHIA: Douglas Friedrich, Ezequiel, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Gregore, Élton e Ramires; Élber, Gilberto e Artur
Técnico: Roger Machado