Brasileiro Série A

Morumbi | 10/8/2019 - 17:0

Futebol/Campeonato Brasileiro

Com 2 gols de Pato, São Paulo vira sobre o Santos e vence 1º clássico no ano

Lucas Musetti e Marcelo Baseggio - São Paulo , SP
10/08/2019 18:58:44 — 10/08/2019 22:38:59

Em: Brasileiro Série A, Escolha do editor, Futebol, Santos, São Paulo

Missão cumprida. O São recebeu o Santos na tarde deste sábado, no estádio do Morumbi, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, e não decepcionou os mais de 40 mil torcedores que lotaram as arquibancadas. Tendo pela frente o líder da competição, o Tricolor não se intimidou e venceu o seu primeiro clássico no ano de virada, por 3 a 2, graças aos dois gols de Alexandre Pato e outro de Reinaldo, de pênalti. Sasha e Raniel, contra, balançaram as redes para o Peixe.

O triunfo tricolor foi um presente e tanto não só à torcida, que fez uma bonita festa no Morumbi, mas também a Daniel Alves e Juanfran, que acompanharam o jogo ao lado do presidente Leco. Com o resultado, o São Paulo retomou a quinta colocação, que antes pertencia ao Corinthians, e segue na cola de Flamengo e Atlético-MG.

O Santos, por sua vez, perdeu a oportunidade de assegurar os quatro pontos de vantagem para o vice-líder Palmeiras. O Verdão entra em campo amanhã, contra o Bahia, no Allianz Parque, e pode diminuir a distância para o Peixe para apenas um ponto em caso de vitória.

O jogo – O Santos foi quem chegou pela primeira vez com perigo na partida. Logo aos sete minutos, em contra-ataque, Sasha abriu para Derlis González na direita, que bateu cruzado, mas viu Arboleda aparecer no meio do caminho para interceptar a bola que sobraria livre para Carlos Sánchez no segundo pau. O São Paulo, por sua vez, respondeu aos 12 minutos com Raniel, que se antecipou para completar a cobrança de escanteio de Reinaldo, tirando tinta da trave de Éverson.

A partida era bastante disputada, com ambas equipes propondo o jogo e tentando o gol a todo momento. Aos 19, Felipe Jonatan recebeu sem marcação, de frente para o gol, e arriscou de fora da área, batendo cruzado e assustando o goleiro Tiago Volpi. O Tricolor só voltou a incomodar aos 31 minutos, quando Reinaldo bateu falta na entrada da área e mandou à direita da meta defendida por Éverson.

Na reta final do primeiro tempo, quando o São Paulo subiu de produção e aproveitou a queda de desempenho do Santos para tentar abrir o placar, veio a desilusão dos torcedores que lotaram o Morumbi. Depois de Tiago Volpi salvar a equipe aos 37 minutos fazendo uma defesa à queima-roupa em cruzamento de Sánchez, e Toró desperdiçar uma grande oportunidade em jogada ensaiada aos 40, quando recebeu livre dentro da área, mas mandou por cima do gol, aos 43 não teve jeito. Diego Pituca carimbou a trave com um belo chute de média distância e, no rebote, Sasha apareceu apenas para completar para o fundo do gol e garantir a vantagem ao Peixe antes de as equipes irem para o intervalo.

Segundo tempo

O São Paulo voltou a campo para a etapa complementar com Hernanes na vaga de Luan e logo no início a pressão dos donos da casa deu certo. Após Éverson defender a cobrança de falta do Profeta e mandar para escanteio, Alexandre Pato aproveitou o cruzamento na área para, depois de um desvio, ficar com a sobra, dominar e bater forte, deixando tudo igual no Morumbi.

Mas a blitz são-paulina não parou por aí. Um pouco depois do empate, aos nove minutos, Hernanes cobrou escanteio pela esquerda, Everton cabeceou, e a bola tocou no braço de Felipe Aguilar dentro da área. Raphael Claus, por sua vez, não titubeou e marcou o pênalti. Reinaldo, que começou a partida como capitão, foi para a cobrança e não desperdiçou, virando o jogo para o Tricolor.

A euforia da torcida deu lugar à tensão aos 15 minutos, quando Hernanes foi ao chão e teve de ser substituído por Hudson. Quatro minutos depois, contudo, os mais de 40 mil são-paulinos que estiveram presentes no Morumbi voltaram a fazer barulho graças a Raniel, que soltou uma bomba de fora da área e viu Éverson voar para fazer grande defesa.

Aos poucos, o Tricolor foi mostrando que a ausência de Hernanes não abalou o time. Aos 25 minutos, Reinaldo fez o desarme pela esquerda e tocou rasteiro para Alexandre Pato, que dominou e bateu forte, mas Éverson novamente salvou o Santos. Entretanto, no minuto seguinte, não deu para o goleiro do Peixe. Pato aproveitou o vacilo do meio-campo adversário, saiu em velocidade, contou com um tombo de Felipe Aguilar no meio do caminho e saiu frente a frente com o arqueiro rival, precisando apenas tocar no alto para fazer o terceiro e praticamente matar a partida no Morumbi.

Só que o jogo, até então tranquilo para os são-paulinos, voltou a ficar dramático com o gol contra de Raniel aos 40 minutos do segundo tempo após o cruzamento de Evandro. Novamente com apenas um gol de vantagem no placar, o Tricolor teve de segurar o ímpeto da equipe comandada por Sampaoli nos instantes finais para somar mais três importantíssimos pontos na tabela.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 3 X 2 SANTOS

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Data: 10 de agosto de 2019, sábado
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Neuza Ines Back e Daniel Luis Marques (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Público: 47.277 torcedores
Renda: R$ 3.103.842,00

Gols: Sasha, aos 43 do 1ºT, e Raniel, contra, aos 40 do 2ºT (Santos); Alexandre Pato, aos 3 e aos 25, e Reinaldo aos 11 do 2ºT (São Paulo)
Cartões amarelos: Raniel, Everton, Bruno Alves, Tchê Tchê, Raniel (São Paulo); Felipe Aguilar (Santos)

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan (Hernanes) (Hudson), Tchê Tchê e Everton; Toró, Raniel e Pato (Vitor Bueno)
Técnico: Cuca

SANTOS: Éverson; Lucas Veríssimo, Aguilar, Gustavo Henrique e Jorge; Diego Pituca, Carlos Sánchez (Evandro) e Felipe Jonatan (Jean Mota); Derlis González (Marinho), Eduardo Sasha e Soteldo
Técnico: Jorge Sampaoli




  • Fabio

    COITADO DO PEQUENO santos

    • Jose maria rodrigues

      VAITOMARNOCENTRODOOLHODOTEUCUPALHACO

      • Dario Alves

        Ta bravinha boneca pelos nabos q levaram do Tricolaço kkkkkkk
        Se preocupa nao logo apqrece um timequinho tamanho série B e vcs consegue ganhar
        Kkkkkkkkk

      • Fabio

        COITADO DO TORCEDOR DO PEQUENO santos

  • Flavio Roberto Batelli

    Toda vez que jogamos com 3 zagueiros apanhamos e sempre o mesmo que entrega o ouro esse debil mental do Aguilar fez o penalti infantil deu o 3 gol para o SP quando vamos acordar sera que acha que a casa nao cai? VSF Aguilar

  • Re Santista

    Esse técnico borra as calças quando joga clássico. Não contente do que fez com o time no jogo contra o Palmeiras, voltou a destruir o time, colocando 3 zagueiros, que deram 3 gols para o São Paulo. Sampaoli covarde!

  • Rodrigo Viera Dos Santos

    Até que enfim vencemos um dos rivais detalhe jogando bem e sem Daniel Alves e Juanfran Torres.

    • Chico Guru

      Mas não vai pensando que tá bom não véi, não é todo dia que tem festa.

  • Chico Guru

    O NANICO CAGOU NO PINICO E TOMOU NO RABICO ! hohohohohoho

  • Chico Guru

    O Nanico só ganha de times pequenos, quando pega um grande, caga no pau !

  • Chico Guru

    VAI PALMEIRAS !!!! RUMO A LIDERANÇA, NOVAMENTE !

  • SUCO EL TERROR DEL VALLE

    As sardinhas acharam que seria fácil igual o Goiás, no fim tomaram no khu kkkkkkkkkkkkkkk

  • Bi campeão Fifa é pra poucos

    Ehhhh sardinhas. Perder para nossas pu tas fiéis????

    • SÉRIEBSÓPARAOSPEQUENINOS

      Manjando r0la aqui novamente b0neca? De novo? Qual parte vc não entendeu: Sossega esse seu k u gul0so [email protected] de série B kkkk

      • Bi campeão Fifa é pra poucos

        Xiiiii minha pu tinha se doeu??? CPF na nota fregayza??? Já compraram as bengalas pro seu novo camisa 10???? Nossas pu tas fiéis estão virando asilo. Haiajuahauahauauauau

  • LEÃO SOBERANO

    Ganhamos o primeiro clássico do ano graças ao pé quente do Daniel Alves, que estava no Morumbi como mero torcedor. Agora é só manter o pé frio do Lecotreco longe do Morumbi. Esse velho gagá é tão pé frio que onde ele pisa a grama congela, resseca e morre.

Escalação
São Paulo

Tiago Volpi


Igor Vinícius


Bruno Alves


Robert Arboleda


Reinaldo


Luan Santos


Danilo Tche Tche


Éverton


Jonas Toró


Raniel


Alexandre Pato


Hernanes


Hudson


Vitor Bueno


Tec - Cuca
Santos

Éverson


Felipe Aguilar


Gustavo Henrique


Lucas Verissimo


Jorge


Felipe Jonatan


Diego Pituca


Carlos Sánchez


Yeferson Soteldo


Derlis González


Eduardo Sasha


Jean Mota


Marinho


Evandro


Jorge Sampaoli - Tec

Posse de bola

68%
32%
Corinthians
Santos
999
Corinthians

Passe

999
Santos
999
Corinthians

Finalização

999
Santos
999
Corinthians

Cruzamento

999
Santos
999
Corinthians

Desarme

999
Santos

Faltas

24
COR
×
15
SAN

Impedimentos

24
COR
×
15
SAN

Cartões amarelos

24
COR
×
15
SAN

Cartões vermelhos

24
COR
×
15
SAN

Estatísticas de jogadores

Corinthians

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner

Santos

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
Estatísticas de jogadores