Árbitro de Fla x Vasco relata discussão, mas não cita agressão contra Gabigol

São Paulo , SP
14/11/2019 11:13:02

Em: Bastidores, Brasileiro Série A, Flamengo, Notícias, Vasco
Foto: Reprodução

O clássico entre Flamengo e Vasco ficou para a história. Mesmo com a diferença na tabela de classificação, as equipes fizeram um jogo em igualdade de condições, com um empate de oito gols e muita emoção para os torcedores. E ainda houve polêmica após o apito final, com uma discussão acalorada entre os atletas.

O atacante Gabigol chegou a sofrer uma agressão de André Souza, gerente de futebol do Vasco. Contudo, o árbitro Wilton Pereira Sampaio relatou apenas uma confusão generalizada entre os jogadores, sem citar um nome específico.

“Após o término da partida, enquanto a equipe de arbitragem se encontrava no centro do campo, houve um tumulto generalizado com discussões, envolvendo atletas, membros da comissão técnica de ambas as equipes e pessoas não identificadas, sendo logo contornado pelos próprios envolvidos. Informo ainda que, no túnel de acesso aos vestiários, a equipe de arbitragem presenciou discussões entre atletas e membros das comissões técnicas de ambas as equipes, sendo contidas pelo policiamento e pelos próprios envolvidos”, descreveu a arbitragem.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Wilton Pereira Sampaio conseguiu identificar apenas a ofensa de um representante do Flamengo e colocou no relatório enviado à CBF (Confederação Brasileira de Futebol).  “Enquanto a equipe de arbitragem se dirigia ao vestiário, após o término da partida, o senhor Paulo Pelaipe, gerente de futebol da equipe do C.R.Flamengo, que se encontrava no túnel de acesso, proferiu as seguintes palavras: Wilton, seu safado, pega esse escudo da Fifa e enfia no
seu c…”

Por fim, o apitador do clássico citou duas vezes na súmula objetos arremessados pela torcida do Flamengo na direção de atletas do Vasco, algo que pode proporcionar problemas ao time da Gávea em possível julgamento no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva)