Soares e Murray vão à final no ATP de Sidney; Teliana e Clezar perdem

São Paulo, SP

13/01/17 | 09:38 - 13/01/17 | 10:38

Depois de caírem nas semifinais em Doha, Bruno Soares e Jamie Murray farão sua primeira final em 2017. Defendendo o título do ATP 250 de Sidney, a dupla cabeça de chave número confirmou o favoritismo e bateu os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 7/6 (4), garantindo presença em uma decisão antes de disputar o primeiro Grand Slam do ano, o Aberto da Austrália.

A semifinal em Sidney foi marcada por poucos erros. No primeiro set, Murray e Soares conseguiram abrir vantagem de 3/1 após uma quebra no quarto game. O brasileiro e o britânico, então, confirmaram seus serviços seguintes e abriram o marcador na frente.

soares

Já no segundo set, os favoritos precisaram salvar três set-points no 12º game para garantir a decisão no tiebreak. No desempate, Murray e Soares conquistaram uma quebra e cederam apenas um serviço, fechando em 7/4 e carimbando o passaporte para a final.

Agora na final, a dupla do brasileiro terá pela frente uma surpresa na competição: Wesley Koolhof e Matwe Middelkoop. Os holandeses, que eliminaram Horia Tecau e Jean Julien Rojer nas quartas de final, tiveram uma semifinal complicada, vencendo no terceiro set por 10/8.

A grande decisão em Sidney será na madrugada deste sábado, às 3h (de Brasília). A partir de segunda-feira, dá início a chave principal do Aberto da Austrália, competição em que Bruno e Jamie defenderão o título de 2016. Ao contrário do sorteio de simples, a definição dos confrontos em duplas acontecem apenas neste domingo.

Clezar e Teliana caem na semifinal do quali do Aberto da Austrália

Jogando a segunda rodada do qualificatório para a chave principal, o brasileiro Guilherme Clezar (228º na ATP) foi derrotado por 2 sets a 0 pelo francês Julien Benneteau (138º) com parciais de 7/5 e 6/0.

Clezar chegou a oferecer resistência no primeiro set, conquistando uma quebra e abrindo 4/2 de vantagem. Com dois serviços perdidos, contudo, o brasileiro viu Benneteau virar o placar. No segundo set, Julien foi muito superior e aplicou um ‘pneu’ sem chances para o tenista de Porto Alegre.

Quem também não teve chance foi Teliana Pereira, atual 204 do ranking da WTA. Depois de sofrer um 'pneu' no primeiro set, a brasileira conseguiu quebrar um serviço na segunda parcial, mas cedeu dois saques e acabou derrotada por 2 sets a 0 (6/0 e 6/4) pela alemã Mona Barthel (150ª).

Demoliner - Já no ATP de Auckland, o brasileiro Marcelo Demoliner foi derrotado nas semifinais das duplas. Ao lado do neozelandês Marcus Daniell, Demoliner não foi páreo para a dupla formada pelo polonês Marcin Matkowski e Aisam Ul-Haq Qureshi, do Paquistão, caindo com parciais duplas de 6/4.

Deixe seu comentário