Ronaldo vê com otimismo o futuro do futebol feminino após título da Copa América

Redação - São Paulo,SP

02/08/22 | 18:47

No último sábado, a Seleção Brasileira conquistou de forma invicta e sem sofrer gols o título da Copa América Feminina 2022 após vencer a anfitriã Colômbia, por 1 a 0. Embora tenha sido o oitavo título do Brasil em nove edições do torneio, vencer o campeonato de 2022 teve um gosto muito especial às brasileiras. Pela primeira vez na história, a competição deu às vencedoras uma premiação em dinheiro de US$1,5 milhão (cerca de R$8 milhões).

Ronaldo, ídolo da Seleção Brasileira e embaixador da Betfair elogiou o trabalho realizado pelas meninas na competição. “A gente sabe que o futebol feminino brasileiro e a Seleção Feminina podem ser grandes potências. Por isso, é muito importante que as competições nacionais e estaduais estejam cada vez mais estruturadas, e que os clubes também reconheçam que o futebol feminino é um pilar estratégico, com pensamento de longo prazo”, afirmou o Fenômeno em entrevista à casa de apostas.


Com a vaga garantida na Copa do Mundo da categoria de 2023, a Seleção já fica de olho na preparação para o torneio Mundial, mirando o título. Ronaldo falou sobre a possibilidade da Seleção Brasileira ser campeã do torneio e demonstrou confiança no trabalho da experiente técnica sueca Pia Sundhage.

“Temos um ano até lá e tenho certeza que as seleções vão se preparar da melhor forma possível. O Brasil sabe que ainda tem um caminho a percorrer para se desenvolver cada vez mais, mas sabemos também o quanto uma Copa do Mundo pode ser imprevisível, emocionante e ter excelentes jogos”, comentou o ex-atacante, embaixador da casa de apostas.

Campeã sem levar um gol sequer

O ex-atacante da Seleção também destacou a inédita campanha do elenco feminino nesta edição da Copa América. Ao todo foram 20 gols marcados e nenhum sofrido em seis partidas, mesmo sem a presença da principal jogadora em atividade do futebol brasileiro, a meio-campista Marta, que se recupera de uma lesão no joelho.

“Olhando a forma como nossa equipe marcou os gols e também como atuaram nas partidas, temos que destacar o trabalho em grupo dessas meninas antes de mais nada. Sabemos que o Brasil é a maior potência da América do Sul e vem num processo de construção com a técnica Pia. Nossa Seleção chegou até a final sem sofrer gols e com a melhor campanha, mérito de tudo que vem sendo feito nos últimos anos no futebol brasileiro”, disse.

Ronaldo destacou também a importância da atleta na Seleção feminina. “A Marta sempre faz diferença e tenho certeza que ela está se cuidando para estar novamente representando a Seleção e sendo a líder deste grupo que conquistou a Copa América”, afirmou.


Europa está à frente no futebol feminino?

Paralelamente à Copa América Feminina, aconteceu a Eurocopa feminina 2022, que teve a Inglaterra como vencedora no último domingo ao bater a Alemanha por 2 a 1. Segundo Ronaldo, ainda existe uma grande diferença na maneira como o esporte é abordado pelo velho continente.

“Chama atenção o nível de organização da UEFA, que tratou a competição como um produto com grande potencial e naturalmente vemos um público forte marcando presença, além de muitas marcas investindo. Sei que a Inglaterra trouxe uma treinadora holandesa experiente e está construindo um time muito forte, que quer construir a própria história”, avaliou.

Na final da Copa América Feminina 2022, o público presente na partida foi de 28 mil espectadores em Bucaramanga. Já na final do torneio europeu mais de 87 mil torcedores assistiram a final em Wembley, recorde para uma partida de futebol feminino.

Deixe seu comentário