Reunião e cláusula no contrato podem tirar Manoel do Cruzeiro

Do correspondente Marcellus Madureira - Belo Horizonte,MG

19-12-2016 06:00:21

Após perder o zagueiro, Bruno Rodrigo, que não teve seu contrato renovado, o Cruzeiro pode ficar também sem Manoel. O jogador interessa ao Besiktas, da Turquia, e um detalhe no contrato do defensor pode definir seu futuro em uma reunião nesta segunda-feira.

Manoel tem 40% de seus direitos ligados ao Cruzeiro e 50% ao Atlético-PR. O restante é do próprio atleta. Nos tratos feitos há dois anos, ficou estabelecido que o time paranaense poderia negociar o jogador em caso de proposta de fora do Brasil. Segundo a imprensa turca, o Besiktas está disposto a desembolsar 4 milhões de euros para contar com o futebol do zagueiro - o texto não deixa claro se o valor seria pela totalidade do passe ou apenas uma parte.

Não é a primeira vez que Manoel tira o sono dos dirigentes do Cruzeiro. Jogador considerado importante por Mano Menezes, com boa velocidade e técnica, embora tenha apenas 1,81, considerado baixo para a posição. Na última janela de transferências, o defensor teve seu nome especulado fora do Brasil, em situação parecida. Na época, no entanto, não houve negócio nem com o Cruzeiro e nem com Furacão.


Manoel foi comprado pelo Cruzeiro em 2014, e chegou para melhorar a zaga campeã brasileira. Na negociação, que a Raposa investiu pouco mais de R$7 milhões, ficou uma cláusula que pode atrapalhar o Cruzeiro neste momento.

Deixe seu comentário