Muros da Gávea amanhecem pichados com mensagens contra Landim e volta de treinos

São Paulo, SP

21-05-2020 12:25:06

O Flamengo é um dos poucos clubes do futebol brasileiro que se posicionou veemente à favor do retorno das atividades presenciais, bem como da volta das competições oficiais, em meio ao coronavírus. O presidente Rodolfo Landim chegou a se reunir com o presidente Jair Bolsonaro na última segunda-feira para discutir a volta dos treinamentos. O encontro não agradou parte dos flamenguistas, que picharam os muros da Gávea na madrugada desta quinta-feira.

Foto: Reprodução

Os principais alvos dos protestos foram o próprio Landim e BAP, vice-presidente de relações externas.

“Somos democracia, “Landim e Bap fascistas” e “Clube do povo” foram algumas frases estampadas na parede rubro-negra. O nome de Jorginho, massagista vítima da covid-19, também foi escrito no muro.

Foto: Reprodução

Desrespeitando as regras de isolamento propostas pela prefeitura do Rio de Janeiro, o Flamengo treinou em campo na última quarta-feira, confirme imagens da TV Globo flagraram.

Deixe seu comentário