Manchester United é acusado de “não controlar seus jogadores”

São Paulo, SP

14-03-2017 18:34:41

A Football Association (FA) está acusando o Manchester United de “não controlar os seus jogadores” durante a partida contra o Chelsea, válida pelas quartas de final da Copa da Inglaterra, na segunda-feira. O placar final da partida foi 1 a 0 para os Blues.

De acordo com o comunicado da FA, os Red Devils têm até às 13 horas (de Brasília) da sexta-feira, dia 13 de março, para apresentar a sua defesa. As punições impostas pela Federação Inglesa são válidas para todas as competições organizadas por ela, ou seja, uma possível punição pode ser aplicada no Campeonato Inglês.

Leia mais: Martial elogia postura do United apesar de derrota em Londres

Após o meio-campista Ander Herrera ter feito falta em Eden Hazard e receber o segundo cartão amarelo, os jogadores do time de Old Trafford cercaram o juiz Michael Oliver. Durante o jogo, o treinador José Mourinho também se envolveu em uma discussão acalorada com Antonio Conte, comandante da equipe de Londres, e o quarto árbitro.

Além disso, Marcos Rojo pisou no peito em Hazard e não foi punido. No replay, é possível ver que o defensor argentino pisa com o pé direito no peito do atleta belga, que estava caído no chão. O árbitro não viu o lance e nenhuma medida para punir Rojo foi tomada posteriormente.

Deixe seu comentário