Futebol/Campeonato Paranense

Londrina goleia o Athletico e garante vaga nas semifinais

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes - Curitiba , PR
31/03/2019 17:53:58 — 31/03/2019 17:58:10

Em: Athletico-PR, Campeonato Paranaense, Futebol, Londrina, Notícias, Operário-PR
Furacão entrou basante modificado em campo (Miguel Locatelli/CAP)

Já classificado para as seminais da Taça Dirceu Krüger, o time de aspirantes do Athletico Paranaense foi ao norte do Estado e perdeu por 4 a 1 para o Londrina, no Estádio do Café. Bom par ao Tubarão, que conseguiu a segunda vaga do Grupo A, com 11 pontos ganhos. O Furacão terminou na ponta, com 12 pontos.

O Tubarão precisou de apenas quatro minutos para abrir a contagem, com Luquinha, acertando um bom chute de fora da área. Germano ampliou, aos 14 minutos, em cobrança de pênalti. Marcelinho fez o torcedor, aos 29 minutos. Depois do intervalo, Erick descontou. Luidy, aos 42 minutos, fechou a contagem.

Nas semifinais, o Athletico Paranaense vai encarar o Rio Branco, segundo colocado do Grupo B,quarta-feira, na Arena da Baixada. O Londrina encara o Coritiba, no mesmo dia, no Couto Pereira.

O jogo – Precisando do resultado positivo, o Tubarão começou a partida apertando a marcação e pressionando. Aos quatro minutos, falha da defesa athleticana, Luquinha teve espaço para avançar e chutar furte para abrir o placar. Aos oito minutos, Luquinha cobrou falta e Devid desviou por cima da meta. Aos 10 minutos foi a vez de Germano tentar de cabeça, pela linha de fundo.

Só dava Londrina e, aos 13 minutos, Anderson Oliveira invadiu a área e foi derrubado por Bruno Rodrigues. Pênalti Marcado. Na cobrança, Germano ampliou a vantagem. Aos 20 minutos, linda jogada alviceleste, com Anderson Oliveira tocando para o meio da área e Luquinha batendo para fora. Aos 22 minutos, quem salvou o Furacão foi o goleiro Gabriel, parando uma bomba de Marcelinho.

Muito modificado, o Rubro-Negro mostrava falta de entrosamento e ritmo. Aos 29 minutos, Marcelinho mostrou oportunismo para aparecer de carrinho na segunda trave e empurrar cruzamento para o fundo da rede. Em uma rara chegada do Athletico, aos 37 minutos, bola para Poveda na área e o desvio foi direto para fora.

Para a segunda etapa, nenhuma alteração nas duas equipes. Aos três minutos, Gabriel Poveda partiu para cima da defesa alviceleste e chutou para grande defesa de Matheus Albino. O Furacão voltou mais atento e querendo descontar. Aos seis minutos, Mathues Anjos cobrou escanteio e Erick desviou para fora. Até que, aos 13 minutos, Erick recebeu de Matheus Anjos e tocou na saída do goleiro para marcar.

O Tubarão acordou novamente e, aos 22 minutos, Luquinha tentou tocar por cobertura e a bola foi por cima da meta. Um minuto depois, Anderson Oliveira abriu espaço e chutou para fora. Aos 33 minutos, Luidy rolou pra Devid carimbar a trave. Mas, aos 42 minutos, Luidy fechou a contagem.

Outras partidas – Mais quatro partidas agitaram a última rodada, todas no mesmo horário. Pelo Grupo A, o Operário se despediu com um empate sem gols diante do já rebaixado Foz do Iguaçu, no Estádio ABC, na fronteira. Já o Maringá venceu o Toledo por 3 a 0, no Estádio Willie Davids, mas não escapou do rebaixamento.

Já pelo Grupo B, Rio Branco bateu o Cianorte, por 1 a 0, na Estradinha, em Paranaguá, fugiu do rebaixamento e ainda garantiu uma vaga nas semifinais. Enquanto isso, no Willie Davids, o FC Cascavel empatou com o Cascavel CR por 1 a 1, fechando sua participação e garantindo um lugar na Série D do Campeonato Brasileiro.

LONDRINA 4 x 1 ATHLETICO

Local: Estádio do Café, em Londrina (PR)
Data: 31 de março de 2019, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Jr.
Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos e Denise Akemi Simões de Oliveira
Cartões amarelos :Luquinha, Marcelinho (Londrina); Abner (Athletico)

Gols
LONDRINA : Luquinha, aos 04 minutos, Germano, aos 14 minutos e Marcelinho, aos 29 minutos do primeiro tempo; Luidy, aos 42 minutos do segundo tempo
ATHLETICO : Erick, aos 13 minutos do segundo tempo

LONDRINA : Matheus; Raí Ramos, Silvio, Augusto e Anderson Leite; Germano, Anderson Leite, Felipe Vieira e Luquinha (Marcondes); Marcelinho (Luidy) e Devid.
Técnico: Alemão

ATHLETICO Gabriel; Lucas Halter, Zé Ivaldo e Éder; Bruno Rodrigues, Erick, Christian e Abner; Matheus Anjos, Jaderson (Kellven) e Poveda (Bergson).
Técnico: Rafael Guanaes