Motor/Stock Car

Fraga termina em 10º e se torna o campeão mais novo da Stock Car

São Paulo , SP
11/12/2016 11:32:01 — 11/12/2016 14:34:05

Em: Mais Esportes, Motor, Notícias

Rubinho Barrichello não conseguiu repetir o feito de 2014 e se sagrar bicampeão da Stock Car. Na manhã deste domingo, Felipe Fraga terminou a corrida de Interlagos na décima colocação e garantiu seu primeiro título da categoria aos 21 anos. Daniel Serra foi o primeiro e Rubinho, o segundo.

Precisando ficar apenas entre os 12 primeiros para ser campeão da maior modalidade automotiva do Brasil, Fraga não teve corrida fácil. Após largar na primeira posição, ver Barrichello rodar na pista e cair para 18º, Felipe tinha a vitória nas mãos, mas sua equipe errou na estratégia quando começou a chover em São Paulo.

Aproveitando a pista molhada, Rubinho ultrapassou diversos adversários e se colocou na segunda colocação. Mas apenas o primeiro lugar importava e foi Daniel Serra, em sua corrida de despedida da Red Bull, que ficou com o primeiro posto. Ricardo Maurício ainda completou o pódio.

Tranquilo com a vantagem que tinha no campeonato, Fraga fez um final de corrida sem grandes perigos e cruzou a linha de chegada como o mais jovem campeão da história da Stock. Ao longo da temporada de 2016, o tocantinense venceu cinco corridas e esteve em oito pódios.

Em sua terceira temporada como piloto, o jovem prodígio foi o primeiro de fora do eixo Rio-São Paulo-Goiás a se sagrar campeão da Stock Car. Nascido no Pará, o rapaz se mudou para a capital de Tocantins, Palmas, com apenas três anos, onde começou a correr com seis.

Fraga terminou a competição com 309 pontos, apenas 14 à frente de Barrichello. Vencedor em Interlagos, Daniel Serra terminou o ano na terceira colocação do campeonato, com 229 pontos, mesmo número de Valdeno Brito, quarto colocado pelo critério de desempate.

Ads – Rodapé Posts