Gazeta Esportiva

Atletas fazem apelo pelo fim do preconceito e da discriminação racial

São Paulo, SP

03/07/22 | 07:00

Neste Dia Nacional de Combate à Discriminação Racial, 3 de julho, as atletas Etiene Medeiros e Raíssa Machado refletem sobre a importância da luta contra o racismo, em ação promovida pelo Projeto Inspire, movimento digital que visa incentivar o protagonismo feminino e dar visibilidade à luta contra as desigualdades, com foco no esporte.

Pensando em apresentar possíveis soluções práticas, Etiene Medeiros motiva as pessoas a debater o tema, para que haja uma evolução nas atitudes individuais. “Traga essa pauta para próximo de você, fale sobre o assunto dentro de casa, com os amigos, fale sobre o preconceito e a discriminação e tente sempre evoluir”, incentivou a nadadora.

Para Raíssa, falar sobre racismo é algo muito difícil e doloroso. “Quando falamos sobre essa pauta, falamos sobre feridas abertas e nunca cicatrizadas”, afirma a atleta paralímpica. Ela faz ainda um apelo por mais respeito e igualdade. “Vamos nos ajudar, vamos juntar forças para lutar diariamente contra esse preconceito”, concluiu.

O Dia Nacional de Combate à Discriminação Racial propõe a reflexão e a discussão sobre o tema, ainda muito presente na sociedade brasileira. A data lembra o dia em foi aprovada a primeira lei que define como crime as práticas de discriminação com base em raça ou cor. Em 2022, completam-se 71 anos desde que a lei entrou em vigor.

Deixe seu comentário