Futebol/Mercado

Apresentado no Vitória, Saimon admite: “Zagueiro precisa saber jogar”

GazetaEsportiva.net - Salvador, BA -
06/01/2015 18:39:00

Em: Campeonato Baiano, Campeonatos, Campeonatos Estaduais, Futebol, Região Nordeste, Vitória-BA

Nesta terça-feira, o Vitória anunciou mais um reforço para a temporada de 2015: trata-se do jovem zagueiro Saimon, de 23 anos. Em sua chegada, o defensor, cria da base gremista, tratou de rechaçar o estereótipo ríspido dos beques. O gaúcho admitiu que os xerifes da formação também precisam ter qualidade para jogar com a bola nos pés.

“Não penso só em bico para o mato e entrar mais forte. Zagueiro precisa saber jogar e sempre procuro me apresentar. Não posso me autodenominar como um jogador que só bate e dá chutão. O futebol está acabando para esse tipo de atleta. Sou dedicado e esforçado e sempre vou em busca do crescimento”, admitiu.

Adiante, Saimon explicou que sua saída do Tricolor gaúcho, clube que defende desde 2008, ocorreu pela falta de oportunidades. Assim, no Leão da Barra, o atleta projeta um legado de consistência na titularidade. “O comodismo nunca ajuda. Eu não estava sendo utilizado no Grêmio da maneira que queria. Por isso, busquei novos ares. Agradeço ao Tricolor pela oportunidade, mas o Vitória me ofereceu essa chance de renovar e mostrar meu potencial”, pontuou.

Pouco utilizado no Grêmio, o zagueiro Saimon, de 23 anos, é uma das apostas do Vitória para 2015
Pouco utilizado no Grêmio, o zagueiro Saimon, de 23 anos, é uma das apostas do Vitória para 2015 – Credito: Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Por fim, o gaúcho de Erechim admitiu que possui inexperiência na Série B do Campeonato Brasileiro – um campeonato que nunca disputou. Porém, disse ter ciência do equilíbrio e da qualidade entre as equipes postulantes ao acesso pelas partidas que assistiu na televisão.

“Nunca disputei a Série B, mas sempre acompanhava as partidas pela televisão. Sei que é um torneio muito pegado, com muitos clubes querendo chegar na elite do Campeonato Brasileiro. Precisamos saber que somos grandes. O Vitória não pode ser um mero participante. Nosso objetivo maior é subir e temos que jogar com força e dedicação”, encerrou Saimon.