Gazeta Esportiva

Seleção tenta conquistar 1ª Copa sem jogadores do São Paulo no elenco

São Paulo, SP

24/11/22 | 07:00 - 25/11/22 | 00:02

A Seleção Brasileira estreou na Copa do Mundo nesta quinta-feira, com vitória por 2 a 0 diante da Sérvia, no Al Lusail Stadium, em Doha, no Catar. Sonhando com o hexa, o time comandado pelo técnico Tite deu o primeiro passo em busca de algo inédito para erguer o troféu mais cobiçado do planeta, que é vencer o Mundial sem jogadores do São Paulo no elenco.

Em todos os cinco títulos mundiais da Seleção Brasileira houve pelo menos um representante são-paulino na delegação. A última vez que jogadores do São Paulo vestiram a Amarelinha em uma Copa do Mundo foi em 2006. De lá para cá, o Brasil não contou mais com convocados tricolores para o Mundial e, coincidentemente, não foi mais campeão.

Neste ano o Brasil não conta com jogadores do São Paulo no elenco, mas alguns deles passaram pelo clube. Casemiro, Antony e Éder Militão foram revelados pelo Tricolor e jogaram pelo time profissional durante algum tempo antes de se transferirem para o futebol europeu. Já o zagueiro Bremer, da Juventus, e o goleiro Ederson, do Manchester City, passaram pelas categorias de base são-paulinas, mas não chegaram a defender o clube profissionalmente.


Em 1958, o Brasil, que conquistou sua primeira Copa do Mundo naquele ano, disputou o torneio na Suécia com três são-paulinos em seu elenco: De Sordi, que participou de todas as partidas daquela edição, exceto a final, Mauro, que já havia sido convocado em 1954, e Dino Sani.

Em 1962, ano do bicampeonato da Seleção Brasileira, no Chile, o São Paulo teve Bellini e Jurandir com seus representantes na Copa do Mundo. O primeiro já havia sido campeão na edição anterior, em 1958, mas na época defendia o Vasco da Gama.

A inesquecível Seleção Brasileira do tricampeonato mundial, em 1970, contou com um jogador do São Paulo no elenco: Gérson. O Canhotinha de Ouro foi titular daquele time que encantou o planeta no México, marcando, inclusive, um gol da virada na final contra a Itália.

A Copa do Mundo vencida pela Seleção Brasileira com a maior quantidade de são-paulinos no elenco foi a de 1994, nos EUA. Muller, Cafu, Zetti e Leonardo fora os representantes tricolores naquele time que quebrou um jejum de 24 anos sem um título mundial.

Em 2002, na Coreia do Sul e Japão, última Copa do Mundo conquistada pela Seleção Brasileira, o técnico Luiz Felipe Scolari convocou os jovens Belletti e Kaká, além do goleiro Rogério Ceni, para fazer parte do elenco extremamente talentoso que despachou a Alemanha na grande final, em Yokohama.

Confira todos os são-paulinos presentes nos cinco títulos mundiais da Seleção Brasileira:

1958: De Sordi, Dino Sani e Mauro
1962: Bellini e Jurandir
1970: Gérson
1994: Muller, Cafu, Zetti e Leonardo
2002: Belletti, Kaká e Rogério Ceni.

Deixe seu comentário