São Paulo quer rescindir contrato de Eder, mas dívidas com o jogador atrapalham

Marcelo Baseggio - São Paulo,SP

30-12-2021 12:13:49

O São Paulo já fala abertamente sobre o desejo de rescindir o contrato com Eder. Contratado em março deste ano após deixar o futebol chinês, o ítalo-brasileiro não vingou no Tricolor, sofrendo algumas lesões e figurando na maior parte do tempo como opção no banco de reservas. Pelo seu alto custo, a diretoria não conta com o atacante em 2022, mas, para rescindir o contrato, terá de quitar algumas dívidas que possui com ele.

Atualmente o São Paulo deve quatro meses de direitos de imagem de Eder, além das luvas que giram em torno de R$ 1 milhão. Como estava livre no mercado, o atacante entrou em um acordo com o Tricolor para receber uma premiação em dinheiro pela assinatura do contrato, mas até agora esse dinheiro não foi depositado em sua conta.

“O Eder, assim que voltarmos das férias, nossa reapresentação está marcada para o dia 10 de janeiro no período da tarde, vamos conversar com o Eder. Temos que chegar a um entendimento com o atleta e chegar a uma decisão. A princípio, o Eder não continua conosco. De qualquer forma, isso tem que ser conversado com o atleta. Eder não teve um bom ano do ponto de vista das lesões, mas é um atleta muito responsável, comprometido, sempre nos ajuda muito no dia a dia do elenco. Por isso, temos que ter o máximo respeito com o atleta”, disse Carlos Belmonte, diretor de futebol do São Paulo, em entrevista à Rádio Bandeirantes.


Eder empolgou a torcida ao desembarcar no Morumbi. Com passagem pela seleção italiana, disputando, inclusive, a Eurocopa de 2016, o atacante estreou com gol e foi participativo nos primeiros meses de Hernán Crespo à frente do São Paulo, mas, ao ter de lidar com problemas físicos, acabou perdendo espaço.

Apesar de ter se lesionado algumas vezes ao longo da temporada, Eder esteve presente em 80% dos jogos do São Paulo, seja como reserva, entrando no decorrer da partida ou como titular. Ao todo ele entrou em campo 29 vezes, marcando cinco gols e dando outras duas assistências.

Deixe seu comentário