Gazeta Esportiva

São Paulo firma parceria com Observatório da Discriminação Racial no Futebol

São Paulo, SP

11/08/22 | 12:43 - 11/08/22 | 13:51

O São Paulo anunciou nesta quinta-feira uma parceria com o Observatório da Discriminação Racial no Futebol que tem como objetivo intensificar o combate ao racismo com campanhas no Morumbi e palestras.

Todas as ações irão girar em torno de três pilares: educação, conscientização e correção. O presidente do Tricolor, Julio Casares, explicou como serão realizadas as atividades.

“Acreditamos que um clube do tamanho do São Paulo tem um grande potencial de transformação na sociedade. Justamente por isso, nos esforçamos para ampliar e fortalecer nossas ações de combate ao racismo. O Observatório da Discriminação Racial será um forte aliado para que, juntos, possamos evoluir dentro e fora do ambiente do futebol. O racismo é um mal da sociedade e, para combate-lo, não basta não ser racista, é preciso ser antirracista”, declarou o dirigente.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

O diretor executivo do Observatório, Marcelo Carvalho, também comemorou esse passo para combater o racismo não só no mundo do futebol, mas de uma forma ampla na sociedade.

“Essa parceria fortalece o trabalho que o São Paulo já vinha fazendo e que, com a experiência do Observatório, tende a crescer ainda mais. É importante que os clubes tenham a consciência do poder de influência que possuem na sociedade e, com isso, passem a combater esses problemas não só dentro das quatro linhas”, concluiu.

Na última quarta-feira o STJD absolveu o São Paulo no julgamento pelo suposto ato de racismo de um torcedor no jogo contra o Fluminense, no Morumbi, válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. A defesa do clube apresentou evidências que explicavam que, na verdade, os gestos faziam alusão ao físico de um torcedor do Fluminense, que sequer era negro.

Deixe seu comentário