São Paulo finaliza preparação no CT de rival do 1º título da Libertadores

São Paulo, SP

11-04-2018 21:13:08

O São Paulo realizou o último treinamento antes da partida contra o Rosario Central, pela Copa Sul-Americana, nesta quarta-feira. O time comandado pelo técnico Diego Aguirre trabalhou no CT do Newell’s Old Boys, maior rival dos Canallas, na província de Santa Fé, definindo os últimos detalhes para o jogo de ida da primeira fase da competição.

Nesta quarta, Aguirre novamente montou o Tricolor com três zagueiros. Assim como havia sinalizado em solo brasileiro, a defesa será composta por Militão, Rodrigo Caio e Arboleda. Além de uma série de orientações táticas para que não cometam erros sob o novo esquema, os jogadores também participaram de um trabalho físico.

A opção pelo esquema 3-5-2 chama a atenção. Éder Militão, improvisado como lateral-direito praticamente desde o início de sua trajetória como jogador profissional, enfim, terá a oportunidade de mostrar seu futebol em sua posição de origem. Assim, Régis, contratado na reta final do Paulistão, deverá preencher a lateral-direita, atuando como ala, uma vez que possui características ofensivas.

O coordenador de futebol do São Paulo, Ricardo Rocha, que chegou a defender o Newell's Old Boys no final de sua carreira, aproveitou a passagem do Tricolor no CT para reencontrar alguns colegas. O cartola são-paulino, inclusive, elogiou bastante a hospitalidade dos leprosos, como são apelidados, ao conhecer suas instalações.

O último treino do São Paulo antes de encarar o Rosario Central também foi especial pelo reencontro da equipe com o adversário da final da Libertadores de 1992. Foi contra os argentinos que o Tricolor conquistou pela primeira vez o título continental ao vencê-los nos pênaltis por 4 a 3 após o triunfo no tempo regulamentar por 1 a 0.

Como se não bastasse, no ano seguinte, o São Paulo voltou a medir forças com o Newell’s Old Boys na Libertadores, desta vez nas oitavas de final. Na ocasião, o Tricolor perdeu o jogo de ida por 2 a 0, entretanto, se redimiu na volta com uma goleada por 4 a 0 no Morumbi, ganhando confiança para o bicampeonato da América.

Deixe seu comentário