São Paulo é um dos únicos dois times invictos como mandantes no Brasileirão

São Paulo, SP

21-11-2020 06:00:31

Embalado nestes últimos meses de 2020, o São Paulo é um dos únicos dois clubes que ainda não perderam em casa neste Campeonato Brasileiro. Ao lado do Internacional, o Tricolor está invicto em seus domínios, com seis vitórias e três empates em nove partidas no Morumbi.

O Atlético-MG é o melhor mandante da competição, conquistando 26 pontos em 11 partidas atuando em casa. No entanto, a equipe comandada por Jorge Sampaoli foi derrotada na última quarta-feira pelo Athletico-PR por 2 a 0, no Mineirão, e resultado que acabou com a invencibilidade do Galo em Belo Horizonte.

Muito da invencibilidade do São Paulo como mandante neste Campeonato Brasileiro passa pelos jogadores do ataque. Brenner e Luciano vêm se revezando como heróis tricolores a cada jogo com gols e fazendo com que o time não só seja implacável jogando em casa como também figure como um visitante indigesto. São quatro vitórias, três empates e apenas duas derrotas atuando fora de casa. Mas, além do campo, outro personagem figura como protagonista: Fernando Diniz, um técnico que superou a grave crise financeira do Tricolor apostando em jovens da base e transformando uma equipe desacreditada em postulante a títulos.

“Já tive muitos momentos de pressão, mas tivemos uma diretoria composta pelo presidente Leco, Raí, [Alexandre] Pássaro e [Fernando] Chapecó que viu que tinha sentido a gente ficar cada vez mais junto, mais forte, e trabalhar cada vez mais para que as coisas acontecessem”, comentou Diniz, outro grande responsável por esses números bastante positivos no Campeonato Brasileiro.

Depois de ser eliminado nas quartas de final da Copa do Brasil pelo modesto Mirassol, na fase de grupos da Libertadores e na segunda fase da Copa Sul-Americana, Fernando Diniz teve de lidar com alguns momentos de forte pressão e até mesmo pedidos de demissão vindos de parte da torcida. A diretoria, também bastante criticada, suportou a crise e manteve o treinador no cargo, uma decisão que vem se mostrando acertada, uma vez que o São Paulo avançou à semifinal da Copa do Brasil e é o terceiro colocado do Brasileirão com três jogos a menos que seus concorrentes e a apenas dois pontos do líder.

“Não sou favorável que as pessoas tenham que ficar muito tempo em um lugar, mas é preciso dar algum suporte, garantia, se que a pessoa terá algum tempo de trabalho para poder desenvolver suas ideias de futebol”, concluiu o comandante tricolor.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?