Por virada, Tricolor joga a “vida” na Copa do Brasil contra o Juventude

São Paulo, SP

22-09-2016 10:02:57

A partir das 21h30 (de Brasília) desta quinta-feira, o São Paulo dará a “vida” pela virada no confronto com o Juventude, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, pela rodada de volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

Derrotado no jogo de ida por 2 a 1, em pleno Morumbi, no dia 24 de agosto, o Tricolor precisa vencer o time gaúcho por dois gols de diferença ou por um desde que marque três ou quatro vezes (3 a 2, 4 a 3 e etc.) para seguir adiante na caminhada rumo ao inédito título. O mais viável para a equipe na temporada, já que faz campanha fraca no Campeonato Brasileiro – 12º colocado, com 34 pontos.

"Jogando no São Paulo, tem de ganhar tudo. É time grande. Tem de buscar a classificação. Elenco tem grandes jogadores e querem a oportunidade. Todos vão dar a vida", prometeu o lateral direito Bruno na véspera da decisão.

Para conquistar a virada, Ricardo Gomes poderá promover algumas alterações acenadas nos últimos treinos. No setor defensivo, o técnico colocou o experiente Diego Lugano no lugar do jovem Lyanco, uma vez que Maicon tem sua presença negada em função de um estiramento na coxa esquerda. Testou também Bruno e Carlinhos nas laterais que vinham sendo de Julio Buffarini e Eugenio Mena, embora não tenha confirmado a condição de suplência dos gringos.

O treinador são-paulino ainda se deparou com problemas de última hora para montar a equipe. No derradeiro treino antes do confronto, Kelvin e Michel Bastos machucaram o joelho esquerdo. O primeiro virou dúvida, mas viajou com o restante do grupo, enquanto o segundo foi cortado. Caso Kelvin não reúna condições de jogo, Luiz Araújo ou Daniel poderão substituí-lo.

Juventude conta com a força do Estádio Alfredo Jaconi para eliminar o Tricolor (Foto: Juventude/Site Oficial)
Juventude conta com a força do Estádio Alfredo Jaconi para eliminar o Tricolor (Foto: Juventude/Site Oficial)

No Juventude, que disputa apenas a Série C do Campeonato Brasileiro, a instrução é a de se manter sempre em alerta com o ataque são-paulino, mas sem recuar de maneira exagerada. E, caso sofra um gol, manter a constante tranquilidade que a comissão técnica alviverde oferece ao grupo de jogadores.

“Acredito que eles vão vir fortes, principalmente nos primeiros minutos. Teremos que estar bem alertas. Claro, não ficar só se defendendo, porque essa é uma estratégia que a gente não pode adotar”, avaliou o zagueiro Klaus.

“Se sairmos atrás no placar, ainda podemos buscar o empate ou a virada. Acredito que temos um pouco de sangue frio, devido a essa calma que passam para nós”, relatou o lateral esquerdo Pará.

Para atingir as quartas de final, algo que não consegue desde 1999, quando conquistou o torneio nacional, a agremiação de Caxias, treinada por Antônio Carlos Zago, não poderá contar com o zagueiro Ruan, expulso no jogo de ida. Com a volta de Vidal à lateral direita, Neguete deve formar dupla de zaga com Klaus.

FICHA TÉCNICA
JUVENTUDE X SÃO PAULO

Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)
Data: 22 de setembro de 2016, quinta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Pablo Almeida da Costa e Sidmar dos Santos Meurer (ambos de MG)

JUVENTUDE: Elias; Vidal, Neguete, Klaus e Pará; Vacaria, Bruninho, Felipe Lima e Hugo; Wallacer e Roberson.
Técnico: Antônio Carlos Zago

SÃO PAULO: Denis; Bruno, Diego Lugano, Rodrigo Caio e Eugenio Mena (Carlinhos); Hudson; Thiago Mendes, Wesley, Luiz Araújo (Daniel) e Christian Cueva; Andres Chavez.
Técnico: Ricardo Gomes

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?