Pablo prefere Athletico ao Santos, mas São Paulo quer valor milionário para liberar

Marcelo Baseggio - São Paulo,SP

12-01-2022 13:23:25

Tudo indica que o futuro de Pablo será longe do Morumbi. O atacante, que foi sondado pelo Ceará, passou a ter seu nome ventilado no Santos, entretanto, a probabilidade maior é de que ele se transfira para o Athletico-PR, isso, é claro, se o São Paulo ceder em relação a alguns pontos da negociação.

Pablo vem sendo bastante influenciado por seu pai, Cícero Teixeira, em relação ao seu futuro. Foi com a camisa do Athletico-PR que o atacante viveu o auge de sua carreira, sendo campeão da Copa Sul-Americana como artilheiro do torneio, e, por isso, pessoas mais próximas ao jogador veem com bons olhos o retorno do camisa 9 a Curitiba.

O problema é que Pablo quer deixar o São Paulo em definitivo, mas o clube não está disposto a liberá-lo de qualquer forma. O Tricolor exige um pagamento entre R$ 2,5 e R$ 3 milhões, valor que deve ao camisa 9, e ainda manter uma porcentagem dos direitos econômicos do atleta.


O Athletico-PR não vê as imposições do Tricolor como justas, já que nas tratativas com o Santos, que é um rival, o clube estaria disposto a emprestá-lo e até mesmo a pagar parte dos salários de Pablo.

Pablo já esteve na mira também do Ceará. Priorizando a contratação de um centroavante, o Vozão tinha planos ousados para contar com o jogador, planejando, inclusive, pagar seu alto salário de forma integral, o considerando como peça-chave para o projeto de 2022. O fato de Tiago Nunes ser o treinador da equipe e ter comandado o camisa 9 no Athletico-PR era um trunfo do time alvinegro, mas nada disso foi suficiente para agradar o jogador e seu pai.

Posteriormente surgiu o interesse do Santos. O técnico Fábio Carille acreditava que Pablo poderia ser útil ao elenco alvinegro em 2022, mas a diretoria do Peixe ouviu do jogador que, caso não permanecesse no São Paulo, o plano era retornar ao Athletico-PR, onde se sentiria mais à vontade para voltar os tempos áureos.

Agora o Furacão tenta viabilizar o retorno de Pablo e tê-lo como um dos líderes do elenco de 2022. Resta saber se a diretoria são-paulina vai ceder em relação a alguns pontos importantes da negociação. O jogador já aceitou voltar para Curitiba. Agora a decisão está nas mãos do São Paulo.

Deixe seu comentário