Em comum acordo, São Paulo e Wesley acertam rescisão de contrato

São Paulo, SP

19-08-2017 15:16:39

Wesley não joga mais pelo São Paulo. Em comum acordo, clube e jogador acertaram neste sábado a rescisão de contrato, que era válido até dezembro de 2018. Sendo assim, o volante não faz mais parte do elenco comandado por Dorival Júnior e está livre para assinar com outra equipe.

Aos 30 anos, Wesley pode negociar com clubes da Série A do Campeonato Brasileiro, já que atuou em apenas três jogos da competição. Também há a possibilidade de se transferir a uma equipe da Europa, uma vez que a janela de transferências fecha em 31 de agosto, havendo pouco tempo para o acerto, contudo.

Sua última aparição com a camisa tricolor ocorreu em 9 de julho, na derrota do São Paulo por 3 a 2 para o Santos, na Vila Belmiro, pela 12ª rodada do Brasileirão.

Praticamente um mês atrás, Wesley foi comunicado pela diretoria são-paulina de que não fazia parte dos planos do recém-contratado Dorival Júnior. Desde então, o jogador passou a não ser mais relacionado para as partidas, apesar de continuar treinando normalmente com o grupo.

Após passagem apagada pelo Palmeiras, Wesley chegou ao Morumbi em março de 2015, mas já sob desconfiança da torcida. Neste período, defendeu o Tricolor em 83 jogos e marcou dois gols.

O ápice da insatisfação da torcida com seu futebol ocorreu no fim de agosto do ano passado, quando ‘organizados’ invadiram o CCT da Barra Funda e Wesley foi um dos agredidos, além de Michel Bastos, atualmente no Palmeiras.

O São Paulo busca negociar mais dois jogadores: Lucão e Cícero. O zagueiro foi afastado em julho, após a polêmica declaração em que avisou que logo deixaria o clube “para a alegria da torcida”, enquanto o meio-campista passou a treinar em horários alternativos no início de agosto, sob opção técnica de Dorival Júnior.

Deixe seu comentário