Com Calleri e Neves, São Paulo terá dificuldade com limite de estrangeiros  

São Paulo, SP

31-08-2021 08:00:50

Com mais dois jogadores acertados, o São Paulo parece, enfim, ter finalizado sua ação no mercado para esta temporada. Gabriel Neves e Jonathan Calleri chegam ao Morumbi com contrato até o fim de 2022, mas o limite de estrangeiros nas competições organizadas pela CBF é um empecilho com o qual o técnico Hernán Crespo terá de lidar daqui para frente.

Com Neves e Calleri, o São Paulo tem atualmente oito estrangeiros no elenco profissional. Além da dupla recém-chegada, Rojas, Galeano, Rigoni, Benítez, Arboleda e Orejuela integram a lista dos estrangeiros que defendem o Tricolor.


Em competições da CBF, como Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil, Hernán Crespo teria de deixar três desses oito jogadores de fora da lista de relacionados. Já nos torneios organizados pela Conmebol não há limite de jogadores estrangeiros, o que facilitaria a vida do treinador são-paulino na Libertadores ou Sul-Americana.

Justamente por causa desse limite de jogadores de fora do Brasil nos campeonatos nacionais, Orejuela não vem sendo relacionado pelo técnico Hernán Crespo para os últimos compromissos do São Paulo. Galeano também acaba ficando de fora em algumas partidas.

Dos oito jogadores estrangeiros do São Paulo, quatro exercem funções ofensivas. Ou seja, a tendência é que a concorrência no ataque aumente ainda mais, principalmente para Rojas e Galeano, já que Rigoni alcançou um status diferenciado por suas atuações, e Calleri chega com o peso da história que escreveu no clube há cinco anos.

Deixe seu comentário