Agora com time poderoso, Ceni tenta acabar com freguesia contra o São Paulo

São Paulo, SP

11-11-2020 08:00:59

O técnico Rogério Ceni poderá, enfim, acabar com sua freguesia enfrentando o São Paulo nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã, pela ida das quartas de final da Copa do Brasil. Desde que se tornou treinador e passou a enfrentar o seu ex-clube, Ceni jamais conseguiu sair de campo com a vitória. São três triunfos do Tricolor paulista e dois empates.

Após uma breve passagem pelo São Paulo, em 2017, Rogério Ceni acabou assumindo o Fortaleza no início de 2018, com a responsabilidade de tentar manter o time, então recém-promovido da Série C, na Segunda Divisão. O técnico, no entanto, fez mais que isso. Acabou sendo campeão da Série B e entrando para a história do Leão.


Desta forma, a partir de 2019 Rogério Ceni viveu uma experiência inédita: enfrentar o São Paulo, clube no qual fez história e se tornou, para muitos, o maior ídolo. A primeira partida contra o Tricolor paulista aconteceu no primeiro turno do Campeonato Brasileiro, e o time treinado por Cuca acabou levando a melhor por 1 a 0, no Castelão, graças ao gol de Hernanes.

No segundo turno, no Pacaembu – Morumbi recebeu o show do Iron Maiden -, o Fortaleza novamente não facilitou a vida do São Paulo. Pablo até abriu o placar logo aos 14 minutos, mas Wellington Paulista empatou de pênalti antes do fim do primeiro tempo. O gol da vitória tricolor veio apenas aos 34 da etapa complementar, com Igor Gomes.

Neste ano aconteceram três confrontos entre Rogério Ceni e São Paulo. O primeiro foi logo na segunda rodada do Campeonato Brasileiro, no Morumbi. O ex-goleiro, enfim, estava de volta ao palco em que protagonizou tantos momentos vitoriosos, porém, os donos da casa mais uma vez saíram de campo com resultado positivo graças ao gol de Daniel Alves.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Quis o destino que o ex-goleiro e o São Paulo se enfrentassem mais duas vezes, nas oitavas de final da Copa do Brasil. A tônica desses jogos foi a mesma dos anteriores: equilíbrio e muita competitividade. Na ida, no Castelão, empate em 3 a 3, com o Fortaleza sem dois jogadores, expulsos, e vencendo por 3 a 2 até os 50 minutos do segundo tempo. Já na volta, no Morumbi, novo empate, desta vez em 2 a 2, resultado que levou a disputa para os pênaltis. Na marca da cal, melhor para o Tricolor, que venceu por 10 a 9 e garantiu a classificação.

Agora, com um time muito mais forte e estruturado, Rogério Ceni terá a grande oportunidade de, enfim, vencer o clube que o fez se tornar uma referência do futebol brasileiro. É verdade que o Flamengo entrará em campo nesta quarta-feira repleto de desfalques, mas, certamente o time rubro-negro, mesmo com ausências, pode oferecer muito mais dificuldades ao São Paulo que o Fortaleza.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?