Tempo e salário afastam retorno de Vitor Bueno ao Santos

Lucas Musetti Perazolli - Santos,SP

28/03/19 | 09:00

Santos não deve ter o retorno de Vitor Bueno (Divulgação)

O Santos manifestou interesse em contar com Vitor Bueno de volta, mas a negociação não deve ter um desfecho positivo e a tendência é a permanência no Dínamo de Kiev-UCR.

O principal problema é o tempo hábil - a janela internacional de transferências fecha para o futebol brasileiro na próxima quarta-feira.

O segundo entrave é o salário. Na Ucrânia, Bueno recebe mais do que no Brasil e não está disposto a diminuir drasticamente seus vencimentos mensais.

Trocado por Derlis González em empréstimo até junho de 2020, Vitor Bueno não tem tido vida fácil no Dínamo. O meia-atacante atuou por 80 minutos em quase oito meses e nem sequer jogou partidas oficiais em 2019.

Depois da chegada à Ucrânia, Bueno entrou em campo contra Chornomorets, Desna e Mynai entre agosto e outubro do ano passado. Três partidas saindo do banco de reservas e sem marcar gol ou dar assistência. Uma lesão muscular na intertemporada dificultou ainda mais a afirmação no elenco.

Enquanto isso, Derlis é titular absoluto do Santos e um dos destaques do Campeonato Paulista. O valor de compra está fixado em 10 milhões de euros (R$ 45 mi).

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário