Rwan é o atacante do Santos que menos precisa de minutos para balançar as redes

São Paulo, SP

11-05-2022 19:00:32

Grande promessa das categorias de base do Santos, o jovem Rwan vai aos poucos conquistando o seu espaço no elenco profissional do Peixe.

Ao todo, o atacante já foi utilizado em oito compromissos, sendo todos eles como reserva (142 minutos em campo). Neste período, ele anotou três gols. Ou seja, ele precisa de apenas de 47,33 minutos para balançar as redes.

Com esses números, o Menino da Vila é o atacante do Alvinegro Praiano que menos precisa de minutos para marcar um tento. O segundo no ranking é Léo Baptistão, com 116,5, seguido de perto por Angulo (130). Já Marcos Leonardo, artilheiro do clube na temporada, aparece em quarto, com 220,57.

Rwan foi promovido ao elenco profissional no final de janeiro deste ano, após brilhar na Copa São Paulo de Futebol Júnior. O garoto foi o artilheiro do clube no torneio, com seis gols em nove embates.

A sua primeira chance no time de cima foi no dia 20 de fevereiro, na derrota de 3 a 0 para o São Paulo. Já o seu primeiro tento foi no jogo seguinte, na vitória de 3 a 0 sobre o Salgueiro, pela Copa do Brasil.

Depois de enfileirar algumas aparições, no entanto, o atacante acabou perdendo espaço com Fabián Bustos. Ele chegou a ficar um mês fora da lista de relacionados. Ele voltou a ser utilizado no último dia 5 e teve um papel fundamental para ajudar o Santos a vencer a Universidad Católica-EQU, fora de casa, por 1 a 0. Ele marcou o gol do triunfo aos 46 do segundo tempo.

Na goleada de 4 a 1 sobre o Cuiabá, inclusive, Rwan também entrou no segundo tempo em grande estilo. O atacante foi acionado faltando 15 minutos e anotou um golaço para fechar o placar.

Agora, o garoto espera voltar a ser utilizado por Bustos nesta quinta-feira, no jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil, contra o Coritiba. A bola rola no gramado da Vila Belmiro a partir das 21h30 (de Brasília).

O Santos precisa vencer por mais de um gol de diferença para avançar às oitavas de final, já que na ida o Coxa venceu por 1 a 0, no Couto Pereira. Um empate é favorável ao paranaenses. Caso o Alvinegro vença por um tento de vantagem, o duelo vai para os pênaltis.


Deixe seu comentário