Presidente revela problema e diz que Santos poderia jogar sempre na Vila

Santos , SP
18/05/2018 07:30:09

Em: Escolha do editor, Futebol, Notícias, Santos
Presidente do Santos diz que se sente mal na Vila (Foto: Divulgação)

O Santos de José Carlos Peres divide seus mandos entre Vila Belmiro e Pacaembu em 2018. Desde a campanha, o presidente fala sobre a importância de valorizar o público de São Paulo. A novidade é que ele privilegiaria a Baixada Santista se os públicos fossem maiores.

“Vamos jogar muito no Pacaembu. Todos os da Libertadores depois do Real Garcilaso e praticamente todos os da Copa do Brasil. Aqui (em São Paulo) tem o dinheiro. E eu preciso para pagar as contas. Lota a Vila Belmiro, 14 ou 15 mil, e eu jogo só lá, é suficiente. Aumento o ingresso para equilibrar e só jogamos lá. Mas só tinha 10 mil contra o Estudiantes e nem todos pagantes. É um problema sério. E a solução virá quando todas as forças do clube remarem para frente”, disse Peres, em entrevista ao canal SantosPlay.

O presidente santista admite a falta de conforto e diz que se sente mal quando vai à Vila, mas não prevê grandes mudanças em um futuro próximo.

“A Vila será viável se sofrer transformação. Se o povo de Santos pensar na equipe e prestigiar. É hospitalidade, limpeza, facilidade em chegar. Tudo isso é importante, mas acima de tudo a consciência de quem prefere ficar no sofá ou no bar. No Pacaembu, é 17 mil e quatro vezes mais”, afirmou.

“Vila Belmiro é um estádio puxadinho. Eu vou para a Vila Belmiro e fico angustiado. Não consigo mudar. É com o tempo. E não temos dinheiro. Eu quero pedir um sacrifício de irem para o estádio e me darem um pouco de renda para darmos o que estão pedindo. Eu sempre reclamo disso. Eu vivo reclamando e demandando”, completou.

Outro problema, seja na Vila Belmiro ou no Pacaembu, é a compra de meia-entrada pela internet. Sem fiscalização, os torcedores pagam metade e entram tranquilamente.

“90% é meia-entrada. Não havia controle. Vamos instalar controles. E mesmo assim eu não aumentei o preço do ingresso, é o mesmo de quatro ou cinco anos. Alguns clubes como São Paulo fazem promoção. No último, pagamos R$ 30 mil para jogar (na Vila Belmiro, contra o Luverdense) e é insustentável”, concluiu.




  • Mauricio Lima

    Adeus titulos este ano entao .ja nao perceberam que temos um elenco bem limitado ,e quando nao usamos a força da vila o santos sofre pra vencer decisões ,vejam os ultimos Paulitas ,perdemos pra Ponte ,pro Palmeiras ,ganha seu dinheirinho la em Sao Paulo presidente e adeus titulos ,sera que ganhar um titulo nao vale mais que este dinheiro de 17 mil pagantes em Sao Paulo ,acho uma vergonha tambem ,la era para ir no minimo 30 mil sendo que vcs vendem os ingresso bem mais barato que na vila ,problema aqui é o preço faz um preço melhor e vera que vai lotar ,outra nestas fases de agora da libertadores e copa do brasil sem a força que o time tem na vila ,de logo adeus aos titulos ,acredito que ja sairemos na proxima fase ,pois se pegar um Boca ja era ,deixo meu recado … escolha o dinheiro ou titulos sr presidente um Gremio ,um Palmeiras , Flamengo ou Corinthias so se vence hj na vila em mata mata com este nosso elenco ,acorda

    • Nivaldo

      Precisamos ter credibilidade em primeiríssimo lugar, com os novos patrocinadores podemos traser dois meias armadores, e chegar nas decisões sim, aí a geral comparwce.
      Como os jogos em mata mata vão para o Pacaembu, a torcida vai sim, venda alguns em andamento como parece estar e traga por favor os meias já temos atacantes demais.

    • Dr. Karl

      A Vila é um grande atraso para o Santos. Mesmo na época de ótimos elencos, a torcida na Vila é pequena, raramente chega a 10 mil.
      No Pacaembú, em dia ruim, dá 17 mil. A perfomance do time no Pacaembú é superior à da Vila, é só conferir os números.
      O presidente está tentando salvar o Santos de virar um Bragantino do litoral. A escolha é simples: ou sobe a serra ou vira time pequeno.
      Infelizmente, o pessoal mais antigo faz questão de ver o time jogar no quintal de casa, para uma público de 3.000 pessoas. Isto é uma vergonha para o Santos. Qual outro time grande joga em casa com um público ridículo desses?
      Não sei como um santista pode defender mandar os jogos na Vila.

    • Sidnei

      Que titulos. O Santos tá numamdraga danada. Não dá pra contratar ninguém. Temos que torcer pra esses que estão lá. A cidade de Santos ta encolhendo. Só a população de Santo André é uma.vez e meia maior que Santos. E a população tá crescendo. A maioria dos santistas de Santos são aposentados. Daqui dois anos eu me aposento e vou morar lá.

  • Ari Sousa

    O problema é a Vila Belmiro? acredito que não, o Santos vive um momento difícil, um monte de jogador limitado (para não dizer ruim), uma comissão técnica que não encontra um esquema de jogo e o pior de tudo uma diretoria totalmente perdido, sem rumo e sem talento, única fato positivo nessa administração foi a contratação do diretor de marketing que coincidência ou não conseguiu fechar os acordo com a Caixa, a Philco e a Britania, de resto nada positivo, então me pergunto a falta de publico é culpa de todas partes do clube ou o clube não investe por falta de publico?

    • Dr. Karl

      Ari, acredito que seja uma consequência. O Santos se “esconde” na baixada. A mídia está na capital. Cada vez que o Santos joga no Pacaembú, com estádio cheio, vira manchete no dia seguinte. Isto valoriza a marca, e atrai patrocinadores, e consequentemente recursos para manter as revelações e contratar jogadores.
      Como é possível manter um bom elenco com o prejuízos na Vila. Cada vez que o Santos joga para 3.000 pessoas, a mensagem que passa para os patrocinadores é negativa.
      Obviamente existem outras ações necessárias com uma administração responsável e transparente, ações de marketing que atraia sócios torcedores, maior conforto no estádio, etc.
      Por enquanto, mesmo com alguns erros, ainda acredito no Perez, mas vamos acompanhar.

  • Mauricio Lima

    mil pessoas contra este time que pegamos na copa do brasil, sou santista e vi meu time voltar a ser grande pois na decada de 80 so mandava classico em sao paulo e viviamos sendo chacota ai ,e so voltou a ganhar titulos quando usou a vila belmiro ,tenham certeza qualquer time do Brasil que vem jogar na vila vem com medo e grande respeito aqui ,vcs querendo ou nao o Santos Futebol Club é de Santos como o Barcelona é de Barcelona mesmo tendo uma torcida imensa no mundo todo , que este presidente acabe logo com estes camarotes que tiraram quase que metade da capacidade da vila e faça aqui ser modernizado e volte a ser nosso caldeirao

×
Quer receber notícias do Santos?