Diretor do Hamburgo reclama de "blá blá blá", mas se anima com mudança no Santos

Lucas Musetti Perazolli - Santos,SP

01-10-2020 06:00:55

O Santos segue sem avançar por um acordo com o Hamburgo, da Alemanha, pela dívida de cerca de R$ 30 milhões criada na contratação de Cleber Reis, mas possui um fato novo: Orlando Rollo.

O vice-presidente assumiu o comando do Peixe interinamente na última terça-feira e busca um acerto com os alemães. Rollo argumentará sobre a mudança no comando do Alvinegro.

O Hamburgo ainda não recebeu um real sequer, mas se mostrou interessado com a "nova direção" santista.

"Outro intermediário nos ligou na semana passada, mas por enquanto só blá blá blá. Nada sério", disse o diretor Jonas Boldt, em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva, antes de perguntar sobre Orlando Rollo e comentar.

"Vamos ver o que acontecerá. Se eles realmente quiserem um acordo, precisam nos chamar para encontrar um caminho. Mas é a vez deles", completou.

A dívida com o Hamburgo fez o Santos ser proibido de inscrever jogadores. Segundo Orlando Rollo, a Fifa ainda pode punir o Peixe com perda de pontos no Campeonato Brasileiro se não houver um acordo.

A Fifa também notificou o Santos por débito de aproximadamente R$ 18 milhões com o Huachipato, do Chile, por Yeferson Soteldo. Neste caso, porém, o Peixe ainda está no prazo para pagar. A punição prevista é de "bloqueio" por três janelas de transferências.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Santos?